Hidrogénio verde. Investidores portugueses participam em ronda de 2,2 milhões da 1s1 Energy (com áudio)

A empresa que recebeu financiamento da União Europeia para um projeto de hidrogénio verde em Portugal encaixou mais 2,2 milhões da Faber, do braço de investimento da brasileira CSN – Companhia Siderúrgica Nacional, entre outras sociedades de capital de risco.

A startup norte-americana 1s1 Energy, fabricante de sistemas de eletrólise de água para produção de hidrogénio, anunciou esta quarta-feira que fechou uma ronda de investimento no valor de 2,15 milhões de dólares, coliderada pela sociedade de capital de risco portuguesa Faber e pela CSN Inova. A empresa recém-financiada é a responsável por um projeto de hidrogénio verde de 63 milhões de euros em Portugal.

“A Faber é um parceiro valioso com valores partilhados e experiência no investimento e apoio a empresas de elevado crescimento, e a CSN [Companhia Siderúrgica Nacional] é líder mundial na descarbonização da produção de aço e operações mineiras. Todos os nossos investidores partilham um profundo compromisso para ajudar a descarbonizar a economia mundial”, disse o CEO da empresa, Daniel Sobek, em comunicado divulgado aos meios de comunicação social.

O financiamento permitirá à subsidiária 1s1 Energy Portugal avançar no projeto IPCEI (Projetos Importantes de Interesse Comum Europeu) “Hy2Tech”, que abrange investigação e desenvolvimento em hidrogénio amigo do ambiente e 300 MW/ano de fabrico de eletrolisadores em Portugal. Em causa está um plano para criar 86 postos de trabalho.

Em julho, um dos cofundadores disse ao Jornal Económico que a ideia seria instalar a sua unidade industrial na zona do Pego, no distrito de Santarém, ao abrigo do Fundo de Transição Justa, devido ao encerramento da central a carvão no local, mas nada estava fechado.

Nesta ronda participaram ainda: Asiri LLC, Gibson Lane GmbH, Aquarius Capital e Ecoa Capital. Os investidores creem nos eletrolisadores de última geração para a produção rentável de hidrogénio verde que a startup fundada em 2019 está a desenvolver.

“Estamos muito entusiasmados por nos juntarmos à 1s1 Energy neste ponto de inflexão e ajudar a lançar as bases para a execução do projeto IPCEI e desenvolvimento futuro”, referiu Carlos Esteban, sócio da Faber. Para o investidor, “a solução única da 1s1Energy vai acelerar a utilização e produção economicamente viável de hidrogénio verde, que é fundamental para descarbonizar sectores difíceis de descarbonizar, como a indústria pesada e o transporte pesado, incluindo a navegação marítima”.

A 1s1 Energy foi fundada por Daniel Sobek, Sukanta Bhattachar yya, T. Don Tilley e Thiago Figueiredo e tem sede em Portola Valley, na Califórnia. Em setembro de 2021, encaixou um milhão de dólares, numa ronda inicial (seed), encabeçada pela brasileira CSN Inova Ventures, o braço de investimento da CSN Inova. O IPCEI da 1s1 Energy em Portugal foi um dos mais de 40 projetos que recebeu orçamento do envelope de 5,4 mil milhões de euros da Comissão Europeia.

Recomendadas

Binter e Embrar fecham compra de cinco novas aeronaves por mais de 369 milhões de euros

As duas primeiras unidades estão previstas para chegar às Ilhas Canárias em novembro de 2023.

Manuel Champalimaud compra à Novares a área de injeção de plásticos para a indústria automóvel

A aquisição visa reforçar posição do Grupo Champalimaud no sector dos componentes de plástico decorativo e de interface para a indústria automóvel.

PremiumAmazon diz que “continua a fazer investimentos” de cloud em Portugal

A empresa norte-americana de computação na nuvem Amazon Web Services (AWCS)está a desenvolver um centro de dados no país, mas não se compromete com uma data de abertura.
Comentários