Horários do Funchal critica executivo de Cafôfo por induzir população em erro sobre Noite do Mercado

O baixar de preços e o reforçar das carreiras dos Horários do Funchal, para a Noite do Mercado, foi uma ideia que surgiu “única e exclusivamente” da empresa em conjunto com a vice-presidência do Governo Regional, esclareceu a empresa em comunicado.

A Horários do Funchal esclareceu que a descida de preços que vai existir na Noite do Mercado, foi uma iniciativa que partiu única e exclusivamente da empresa em conjunto com a vice-presidência do Governo Regional, e não da autarquia do Funchal como o executivo camarário fez crer.

“Desde sempre a Horários do Funchal, S.A. era convidada a participar nas reuniões que a Câmara Municipal do Funchal (CMF) organizava para preparar a Noite do Mercado do Funchal. Mas, infelizmente, desde 2017, inclusive, a CMF deixou de  solicitar a colaboração da Horários do Funchal, S.A. a participar nessas reuniões”, referiu a empresa em comunicado.

A empresa diz ainda este executivo camarário “não tem, nem nunca teve qualquer contato” com a administração da empresa.

No comunicado é dito que o baixar de preço foi uma iniciativa única e exclusiva da Horários do Funchal, em conjunto com o executivo regional, como “uma alternativa económica para se deslocarem e se divertirem em segurança” sem terem que se deslocarem em viatura própria.

“A empresa não pode consentir, por isso, que este esforço feito por todos os colaboradores da Horários do Funchal seja utilizado como objeto de arremesso ou estratégia política da autarquia funchalenses”, sublinha.

“Temos de clarificar junto da opinião pública que a notícia emitida pela CMF é enganadora e poderá levar a população a ser induzida em erro”, reforçou a empresa.

A empresa acrescenta que não vai existir um reforçar das carreiras, tal como tinha dito a Câmara Municipal. A Horários do Funchal diz que o preço do bilhete será de dois euros para a descida até à baixa e subida.

Recomendadas

Savoy Palace considerado hotel mais luxuoso de Portugal nos ‘Óscares do Turismo’ pelo segundo ano consecutivo

O hotel conta com assinatura da designer Nini Andrade da Silva, combinando estilos arrojados, modernos e históricos. O Savoy Palace fica a uma curta caminhada do centro histórico do Funchal e abriga o Laurea Spa, com 3.200 m2 e inspirado na Floresta Laurissilva da Madeira, Património Natural da UNESCO.

Madeira: Novos contratos de arrendamento diminuíram enquanto valor por metro quadrado cresceu

Entre as 25 regiões NUTS III, a RAM posicionou-se como a quarta região com o valor mediano das rendas mais elevado, atrás da Área Metropolitana de Lisboa, do Algarve e da Área Metropolitana do Porto.

Madeira: Sociedade Metropolitana de Desenvolvimento disponibiliza máquina ATM Express na Praça CR7

As caixas ATM são especialmente direcionadas para os turistas, sector que têm vindo a atingir valores históricos na Região.
Comentários