Hospital de Cantanhede reconhecido a nível internacional

O Hospital de Cantanhede foi desta forma reconhecido, a nível internacional, por práticas de saúde amigas do Idoso.

O Hospital Arcebispo João Crisóstomo (HAJC), em Cantanhede, integra a partir de hoje a lista internacional de participantes em Sistemas de Saúde Amigos do Idoso, intitulada “Age friendly healthsystem”.

O Hospital de Cantanhede foi desta forma reconhecido, a nível internacional, por práticas de saúde amigas do Idoso.

O HAJC foi avaliado por um consórcio de entidades ligadas ao setor social e da saúde, tornando-se “a primeira instituição portuguesa a constar desta lista de organizações reconhecidas por promover o respeito pelos direitos da pessoa mais velha”, afirmou o HAJC, numa nota de imprensa enviada à agência Lusa.

A Age-Friendly Health Systems é uma iniciativa da Fundação John A. Hartford e do Institute for Healthcare Improvement, em parceria com a American Hospital Association (AHA) e a Catholic Health Association of the United States, Age friendly healthsystem.

O objetivo é o de adequar a “resposta às necessidades específicas” dos cidadãos e desenvolver “práticas para Sistemas de Saúde Amigos do Idoso”.

A metodologia deste sistema parte de uma abordagem geriátrica multidimensional, baseada em quatro elementos, os 4M, sendo eles a “Motivação”, ajustando os cuidados prestados ao resultado esperado por cada doente, assim como a “Medicação”, adequando a medicação ao doente e ao seu estado.

Outro dos elementos é “Estado Mental”, ou seja, prevenir, identificar e tratar a demência, depressão e estados confusionais, bem como a “Mobilidade”, incentivando a mobilidade e a funcionalidade no idoso.

Para a presidente do conselho diretivo, Diana Vilela Breda, este reconhecimento é “um grande orgulho”, que se junta a “outros nacionais e internacionais”.

“Ser o primeiro hospital em Portugal e o segundo da Europa a participar neste modelo de boas práticas de prestação de cuidados a pessoas mais velhas, sustentado na metodologia 4M, é um justo reconhecimento do trabalho que os nossos profissionais desenvolvem”, frisou.

O HAJC deu ainda nota de que, segundo o Plano Nacional de Saúde 2021-2030, nas últimas duas décadas a esperança de vida à nascença aumentou 4,5 anos, sendo de 81,1 anos (2018-20).

Estudos recentes apontam para que a população com mais de 65 anos quase duplique nos próximos 30 anos.

No que respeita ao índice de envelhecimento, do concelho de Cantanhede foi, em 2021, de 270, valor mais elevado do que a média nacional que se cifra em 183, acrescenta a mesma nota.

Também a percentagem de idosos em Cantanhede é mais elevada, já que 30,4% da população é idosa, sendo que o total da população portuguesa idosa é de 23,5%.

Recomendadas

PremiumMadeira: Denúncias de alegadas más práticas na maternidade não chegaram à Ordem

Ordem dos Médicos da Região decidiu não se pronunciar sobre o assunto e o SESARAM optou por não responder. Por sua vez, a Ordem dos Enfermeiros diz não ter recebido queixas.

Sanofi atinge 10,73 mil milhões de euros em vendas no quarto trimestre

A farmacêutica francesa registou 43 mil milhões em vendas no quarto trimestre, uma subida de 13,9% face a 2021.

Regime remuneratório dos médicos das urgências alargado até 28 de fevereiro

O Governo aprovou a prorrogação do regime remuneratório aplicável ao trabalho suplementar dos médicos nos serviços de urgência. Medida excecional vigora até ao final deste mês.
Comentários