Hovione entre as empresas certificadas como Top Employers 2023

A farmacêutica multinacional emprega cerca de 1.500 pessoas em Portugal, numa fábrica em Loures e num centro de I&D no Lumiar. A certificação reconhece as melhores práticas em termos de Recursos Humanos.

São já conhecidas as empresas certificadas como Top Employers 2023. Entre a lista de distinguidas, está a farmacêutica multinacional Hovione, que se destaca entre as melhores em três das geografias em que opera e onde tem 90% dos colaboradores, nomeadamente em Portugal, onde emprega cerca de 1.500 pessoas. A empresa está também presente nos Estados Unidos, Macau, e na Irlanda.

A certificação, diz a empresa numa nota enviada às redações, “é um reconhecimento da vontade da Hovione em colocar as pessoas em primeiro lugar e validação que o investimento feito na excelência em Recursos Humanos (RH) está a compensar”.

“A estratégia de RH está centrada em atrair e reter os melhores para apoiar as ambições de crescimento do negócio”, refere a empresa no mesmo documento, acrescentado que a prioridade é “proporcionar aos colaboradores uma experiência de trabalho positiva e gratificante”.

O programa do Top Employers Institute certifica organizações com base nos resultados de um inquérito, que abrange seis áreas e 20 tópicos relacionados com a estratégia de RH, com o ambiente de trabalho, com as práticas de aquisição de talento, formação e outros critérios, como a diversidade, equidade e inclusão e bem estar.

“Receber esta certificação é uma grande motivação para toda a organização e em particular para a nossa equipa de RH que se tem concentrado em estabelecer as melhores práticas e em concretizar a estratégia. É a confirmação de que, como organização, estamos no caminho certo para fazer a diferença”, refere Ilda Ventura, vice-presidente para os Recursos Humanos e membro da Comissão Executiva da Hovione.

Por sua vez, Catarina Tendeiro, senior director dos RH para Portugal, sublinha que “é um motivo de orgulho sermos reconhecidos como um Top Employer”.

“Esforçamo-nos por ser um empregador de eleição através de salários competitivos, trabalho com significado e uma cultura empresarial atrativa (…) Nos últimos anos, aumentámos os níveis salariais e, mais recentemente, oferecemos um bónus especial para reduzir o impacto da inflação junto dos nossos colaboradores”, diz.

A Hovione investiga e desenvolve novos processos químicos e produz princípios ativos para a indústria farmacêutica mundial. A empresa emprega cerca de 2.100 pessoas em todo o mundo, das quais cerca de 1.500 em Portugal com uma fábrica em Loures e um centro de I&D no Lumiar.

Recomendadas

Premier League pulveriza ligas europeias ao atingir novo recorde (com a ajuda de Enzo e Porro)

Só o Chelsea gastou mais dinheiro em janeiro do que todos os clubes na Bundesliga, La Liga, Serie A e Ligue 1.

Tecnológicas em apuros. PayPal anuncia despedimentos e Intel reduz salários

PayPal e Intel não resistiram à onda de despedimentos e cortes de salários que tem assolado as tecnológicas com grande preponderância desde o início do ano. Se janeiro levou quase 70 mil empregos no setor tecnológico, fevereiro deverá seguir a mesma tendência.

Receitas totais da Vodafone Portugal crescem 5,8% para 315 milhões de euros

As receitas de serviço da operadora de telecomunicações também aumentaram 3,7% para 280 milhões de euros ao longo do mesmo período.
Comentários