Hungria assina novo acordo de gás com a Gazprom (com áudio)

“Teremos gás suficiente na Hungria”, disse o porta-voz do governo Zoltan Kovacs na quarta- feira.

33. Hungria

A Hungria assinou um acordo com a Rússia para fornecimento adicional de gás, disse o porta-voz do governo Zoltan Kovacs na quarta- feira, segundo o “Politico”.

O acordo enviará até 5,8 milhões de metros cúbicos de gás por dia para a Hungria, via Sérvia, “além da quantidade do contrato já em vigor”, indicou. “Teremos gás suficiente na Hungria”.

Antes da invasão da Ucrânia pela Rússia, a Hungria assinou um acordo de longo prazo para receber 3,5 mil milhões de metros cúbicos (bcm) por ano de gás da Rússia através do gasoduto TurkStream e mais 1 bcm através de um gasoduto da Áustria.

A Hungria é altamente dependente  da energia russa, obtendo cerca de 80% do seu gás a partir Gazprom, opondo-se, assim, a quaisquer sanções do bloco ao gás russo.

Budapeste é o defensor mais vocal do Kremlin entre os países da UE.

Também hoje, foi tornado público que a Gazprom fechou o fornecimento submarino da Rússia para a Alemanha Nord Stream por três dias para manutenção.

Relacionadas

Rússia interrompe gás para a Europa durante três dias

A empresa russa de energia Gazprom suspendeu esta quarta-feira “de forma temporária” o fornecimento de gás através do gasoduto que liga a Rússia à Europa, tal como tinha sido anteriormente anunciado.
Recomendadas

Barragens no Douro Superior asseguram caudais “que estado Espanhol não consegue”

O presidente da Associação de Municípios do Douro Superior (AMDS) defendeu hoje a importância das barragens do Baixo Sabor e de Foz Tua na regulação dos caudais da Via Navegável do Douro (VND), quando há dependência de Espanha.

Nordstream. Governo condena sabotagem e considera que UE está “sob ataque”

O secretário de Estado dos Assuntos Europeus considerou hoje que a União Europeia (UE) está sob ataque, numa alusão à sabotagem das condutas do Nordstream I e II, e elogiou a atuação da presidente da Comissão.

Confagri considera “urgente” a reformulação da composição do Conselho Nacional da Água

A confederação considera “insuficiente” a representação da agricultura naquele que é um órgão de consulta do Governo, depois de o secretário-geral ter revelado “desconhecimento”, de acordo com uma nota de imprensa
Comentários