Ibersol com lucros de 14,6 milhões de euros até setembro

A Ibersol registou nos primeiros nove meses deste ano lucros consolidados de 14,6 milhões de euros, que comparam com prejuízos de mais de 20 milhões de euros no período homólogo.

A Ibersol registou, nos primeiros nove meses deste ano, lucros consolidados de 14,6 milhões de euros, que comparam com prejuízos de mais de 20 milhões de euros no período homólogo, de acordo com um comunicado divulgado ao mercado.

Por outro lado, o volume de negócios consolidado atingiu os 398,6 milhões de euros, um acréscimo de 65% em termos homólogos.

O EBITDA (resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) consolidado foi de 68,5 milhões de euros, aumentando 27% em relação a igual período de 2021.

A cadeia de restaurantes indicou ainda que “durante os primeiros nove meses do ano verificou-se o encerramento definitivo de 13 unidades, oito das quais franquiadas”.

Por outro lado, “adicionalmente às nove aberturas ocorridas no primeiro semestre concretizou-se no terceiro trimestre a abertura de quatro novos restaurantes: dois operados pela Pizza Hut, um pela KFC e uma nova concessão no aeroporto de Barcelona”, disse a Ibersol, acrescentando que “o encerramento dos cinco restaurantes próprios, três dos quais em Espanha resultou da opção de não renovação dos contratos de arrendamento”.

De acordo com a empresa, “no final do setembro, o número total de unidades era de 621 (552 próprias e 69 franquiadas)”.

A Ibersol indicou ainda que, “no final dos primeiros nove meses do ano, a dívida líquida ascendia a 186,8 milhões de euros, cerca de 24 milhões de euros inferiores ao valor em dívida no final de 2021”, lê-se no comunicado.

O grupo disse também que, na sequência “da assinatura, no dia 02 de agosto de 2022, de contrato de compra e venda de ações respeitante à alienação à BK Portugal, S.A. e à Burger King Spain, S.L.U (sociedades controladas pela Restaurant Brands Iberia, S.A.) das ações representativas da totalidade do capital social, respetivamente da Iberking, Restauração S.A. e da Lurca S.A.U, foram verificadas ou renunciadas em 16 de novembro de 2022 as condições suspensivas previstas no referido contrato”.

“Sujeita aos termos e condições previstos no contrato de compra e venda, a conclusão da operação encontra-se prevista para a data de publicação destes resultados no dia 30 de novembro de 2022”, salientou.

Recomendadas

EDP já instalou mais de 700 mil painéis solares nas casas de famílias na Ibéria

A EDP explica que “estas famílias conseguem uma poupança média de até 30% ou mesmo 70% quando agregado a uma bateria de armazenamento. A produção de energia gerada nestas instalações seria suficiente para abastecer com energia renovável 500 mil pessoas por mês, o equivalente a fornecer apenas com energia solar toda a população de Lisboa”.
litio

Lítio: Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina em Montalegre

A Lusorecursos Portugal Lithium confirmou um parecer favorável por parte da Comissão de Avaliação da Mina do Romano, que dá luz verde à exploração mista de lítio (céu aberto e subterrânea) em Montalegre.

BPI alarga comissão executiva para seis membros

O Conselho de Administração do Banco BPI informou que a sua Comissão Executiva será alargada de cinco para seis membros, no mandato 2023-25.
Comentários