IBM revela maior investimento europeu em duas décadas

Campus irá congregar mil peritos entre os quais se encontram consultores, investigados e designers


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A IBM escolheu Munique como sede de negócio para a designada Internet das Coisas (Internet of Things) e Indústria 4.0, assim como a sede do primeiro centro de inovação europeu de Watson. A empresa norte-americana assegura que é o maior investimento realizado na Europa nas últimas duas décadas, ainda que não tenha sido revelado o montante concreto do investimento.

O campus irá congregar mil peritos entre os quais se encontram consultores, investigados e designers. Outros oito centros repartidos pelo mundo vão completar a unidade Watson IoT.

O centro também servirá de laboratório de inovação para a componente científica dos dados, engenharia e programação, que irão construir um novo tipo de soluções integradas que estarão a meio caminho entre a computação cognitiva e Internet das Coisas.

OJE

Recomendadas

Emissão obrigacionista da Sonangol é “bem vinda” para a bolsa angolana

Segundo o responsável do Departamento de Desenvolvimento de Mercado da Bodiva, Nivaldo Matias, a iniciativa da Sonangol ainda não foi dada a conhecer formalmente à instituição, contudo, a decisão da petrolífera é “bem-vinda”.

Novabase suspende programa de recompra de ações

A tecnológica já tinha suspendido o programa em junho, tendo depois voltado a retomá-lo. Segundo informação publicada nessa altura, o programa estava previsto durar até 31 de dezembro de 2023.

Trabalhadores da Autoeuropa rejeitam pré-acordo laboral que previa aumento de 5,2%

Dos mais de cinco mil trabalhadores da fábrica de automóveis da Volkswagen, em Palmela, no distrito de Setúbal, só 3.865 exercerem o direito de voto, 2.007 dos quais votaram contra o pré-acordo e 1.826 a favor. Houve ainda 10 votos nulos e 22 brancos.