IGCP revê em alta emissão de OTRV para 1.500 milhões

“O Conselho de Administração do IGCP, decidiu aumentar o valor nominal global da emissão de obrigações do tesouro de rendimento variável denominada “OTRV Novembro 2021” para mil e quinhentos milhões de euros” anunciou o IGCP.

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) reviu em alta nesta sexta-feira o montante a emitir na nova série de Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV), devido à elevada procura. A instituição liderada por Cristina Casalinho triplicou o valor da emissão de 500 milhões para 1.500 milhões de euros.

“As OTRV são emitidas pela República Portuguesa, representada pelo IGCP, denominadas em euros, com valor nominal unitário de mil euros e valor nominal 3 global de até mil e quinhentos milhões de euros”, adianta o documento.

O IGCP costuma rever em alta as emissões de OTRV para responder à procura. Na primeira série de o montante subiu de 350 para 750 milhões de euros, ao passo que na segunda, realizada em Agosto, o IGCP colocou 1.200 milhões de euros, mais do dobro dos 500 milhões inicialmente previstos.

As OTRV – representativos de empréstimos de médio e longo prazo da República Portuguesa – são um híbrido entre uma Obrigações do Tesouro e Certificados de Aforro – pagam juros indexados à Euribor a seis meses, acrescida de 2,2 pontos percentuais.

De acordo com o IGCP, “poderão ser transmitidas ordens de subscrição até às 15h00 do dia 25 de Novembro de 2016”, sendo que “qualquer investidor poderá revogar ou alterar uma ordem de subscrição já transmitida até às 15h00 do dia 22 de Novembro de 2016, inclusive, hora e data a partir da qual as ordens de subscrição serão irrevogáveis e não poderão ser alteradas”.

Recomendadas

Cotação do barril Brent para entrega em novembro baixa para 87,96 dólares

A cotação do barril de petróleo Brent para entrega em novembro terminou esta sexta-feira no mercado de futuros de Londres em baixa de 0,73%, para os 87,96 dólares.

Wall Street encerra sessão com principais índices a perder mais de 1,50%

No momento de fecho o Dow Jones recua 1,71%para 28.725,84 pontos, o S&P 500 cede 1,51% para 3.585,40 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 1,51% para 10.575,62 pontos. 

PremiumAções com pior mês desde junho e pode não ficar por aqui

Libra em forte desvalorização e juros da dívida do Reino Unido disparam após polémico “mini-orçamento” de Liz Truss.
Comentários