PremiumIL quer mais isenções e menos custos para profissionais liberais

Cinco propostas de alteração ao OE2023 têm como objetivo melhorar a situação fiscal e contributiva dos profissionais liberais, reduzindo desvantagem em relação a trabalhadores por conta de outrem.

A Iniciativa Liberal (IL) vai propor cinco alterações à proposta de Orçamento do Estado para 2023 (OE2023), na discussão na especialidade, para melhorar a tesouraria, reduzir as contribuições e simplificar a operação dos profissionais liberais.

Na nota justificativa, a que o Jornal Económico (JE) teve acesso, a IL afirma que “os trabalhadores independentes enfrentam em Portugal um enquadramento jurídico bastante desvantajoso face aos trabalhadores por conta de outrem”, nomeadamente no que respeita à fiscalidade e às contribuições para a segurança social.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Mais de 1,1 mil milhões do PT 2020 mobilizados para a inclusão social e combate à pobreza no Norte do país

A Estratégia Europa 2020 assumida por Portugal visava atingir uma taxa de emprego de 75% e a redução de, pelo menos, 200 mil pessoas em situação de risco de pobreza ou exclusão social, metas que foram alcançadas.

Açores vão receber mais 80 milhões do PRR

O Governo dos Açores anunciou hoje que a região vai receber 80 milhões de euros adicionais ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e avançou que 90 milhões daquele plano já se encontram nos “destinatários finais”.
Comentários