PremiumImobiliário movimentou três mil milhões de euros em 2019

O ano de 2019 é considerado pelas consultoras imobiliárias um dos melhores de sempre. Investidores nacionais e estrangeiros reforçaram apostas nos segmentos da hotelaria e escritórios em Lisboa e Porto.

Com o ano de 2019 a chegar ao fim, o balanço no setor imobiliário é considerado muito positivo, tendo em volume de negócios um dos melhores anos de sempre, ultrapassada novamente a barreira dos três mil milhões de euros, segundo as estimativas das consultoras JLL e CBRE, cujos responsáveis disseram ao Jornal Económico que estão otimistas também quanto ao próximo ano.

“Podemos avançar que 2019 vai ser um ano muito positivo para o mercado imobiliário em Portugal, em linha com o ano de 2018, com a realização de grandes negócios, não irrepetíveis, mas certamente difíceis de repetir a curto prazo”, disse ao Jornal Económico Pedro Lancastre, diretor geral da JLL.

Quem também partilha deste momento positivo do mercado imobiliário é Francisco Horta e Costa, managing director da CBRE Portugal, que salienta “o interesse por parte dos investidores em centros comerciais”. Isto a somar “ao elevado interesse por parte de investidores, nacionais e estrangeiros, em produtos de habitação, nomeadamente habitação para arrendamento e residências de estudantes, quer numa fase de desenvolvimento, quer como ativos de rendimento”, afirma.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumPortugueses dominam em projeto de luxo em Cascais

Sandwoods conta com 39 villas com preços que atingem os 2,8 milhões de euros. Projeto deverá estar concluído em 2024, mas sector da construção civil enfrenta falta de mão-de-obra e demora no fornecimento de material.

PremiumFranceses investem até 45 milhões de euros no Barreiro

‘Ja-Ba’ (Jardim Barreiro) está a cargo da dupla de promotores Maxime Tellier e Renauld de L’Hermite, que está presente em Portugal desde o ano de 2014. “O nosso objetivo é muito claro. Fazer um projeto para os portugueses”, assumem.

PremiumOaktree, Cerberus e Vanguard na corrida à VIC Properties

A Alantra vai receber esta sexta-feira as propostas não vinculativas para a compra dos ativos da VIC Properties. A Vanguard deverá avançar para o Pinheirinho. Oaktree e Cerberus entre os interessados.
Comentários