Importações de bacalhau fresco aumentam 57% em três anos

As importações de bacalhau fresco da Noruega cresceram 57% em três anos, passando de 2.652 toneladas em 2012 para 4.165 em 2014, segundo dados do Conselho Norueguês das Pescas (Norge). No entanto, só 5% dos portugueses já compraram ou consumiram bacalhau fresco. Os noruegueses têm, por isso, “um grande desafio” para introduzir este peixe nos […]

As importações de bacalhau fresco da Noruega cresceram 57% em três anos, passando de 2.652 toneladas em 2012 para 4.165 em 2014, segundo dados do Conselho Norueguês das Pescas (Norge).

No entanto, só 5% dos portugueses já compraram ou consumiram bacalhau fresco. Os noruegueses têm, por isso, “um grande desafio” para introduzir este peixe nos hábitos nacionais, admitiu o responsável da Norge, Christian Nordhal, no dia que marca a abertura da época oficial do ‘skrei’, um peixe sazonal que só existe até meados de abril.

Christian Nordhal acrescentou que a maior parte do ‘skrei’ é consumido fora de casa, embora o consumo nos lares portugueses tenha aumentado 14% em 2014, face ao ano anterior.

Algum do bacalhau fresco é também usado pela indústria nacional para secar.

A Noruega quer que o ‘skrei’ passe a ser “uma presença constante nos restaurantes, hiper e supermercados” e está a preparar um roteiro gastronómico com restaurantes da Grande Lisboa, nos quais o peixe pode ser degustado, anunciou.

Outra das iniciativas para atrair os consumidores nacionais será a realização de um ‘showcooking’ [demonstração culinária] no Mercado da Ribeira, entre 19 e 25 de fevereiro.

O ‘skrei’ custa em média oito a 10 euros por quilo e pode ser comprado nas principais cadeias grossistas e retalhistas portuguesas até abril, embora este ano “esteja um pouco atrasado”, segundo Christian Nordahl.

O ‘skrei’ começa a chegar à costa norte da Noruega entre o final de dezembro e os primeiros dias de janeiro após uma longa viagem de mais de 1.500 quilómetros do Mar de Barents.

As exportações de peixe representam cerca de 60% do total de vendas da Noruega ao exterior e Portugal é o maior cliente no caso do bacalhau seco.

OJE/Lusa

Recomendadas

Medida do IVA 0% nos bens essenciais, em destaque nos jornais espanhóis

O “El País” nota que as notícias do fim do IVA em produtos básicos e aumento do salário dos trabalhadores da Função Pública chegaram no mesmo dia em que o INE confirmou que o défice se situou em 0,4% do PIB.

Crise da Inflação: Subida na isenção de IRS no subsídio de refeição dá alívio fiscal de 132 milhões de euros no privado

A subida do subsídio de refeição da função pública para seis euros, a partir de abril, vai fazer avançar para este valor a isenção de IRS deste tipo de subsídio pago em dinheiro.

Crise da Inflação: Presidente do Governo dos Açores diz que medidas não devem “excluir” a região

O presidente do Governo açoriano referiu que tem vindo a alertar para esta necessidade nas reuniões do Conselho de Estado e no diálogo que mantém com o primeiro-ministro, António Costa.