Inaugura na Secundária Eça de Queirós exposição que promove os valores europeus

Promovida pelo IPDJ, em parceria com o projeto Escola Embaixadora do Parlamento Europeu, a exposição arranca esta terça-feira, Dia Internacional da Educação, e visa promover a ética no desporto através de testemunhos e histórias vivenciadas. Rosa Mota é um dos rostos em destaque.

Tem por título “Move-te por valores” e a segunda edição é lançada esta terça-feira, 24 de janeiro, Dia Internacional da Educação, pelas 10h30, na Escola Secundária Eça de Queirós, em Lisboa, designada “Escola Embaixadora” do Parlamento Europeu.

A exposição “Move-te por valores” tem como objetivo divulgar e promover a ética no desporto através de testemunhos e histórias vivenciadas por atletas e individualidades nacionais e internacionais, bem como abordar temas que visam sensibilizar para a importância dos valores da ética no desporto como o fair play, o respeito, a tolerância, a entreajuda, a disciplina, a compreensão entre outros.

São histórias de atletas e individualidades contadas na primeira pessoa, cheias de significado valorativo e que fascinaram o mundo, não apenas pelo que os seus protagonistas conseguiram atingir no plano técnico, mas por se terem afirmado como pessoas verdadeiramente ímpares, excecionais, ao vivenciarem histórias exemplares de carácter, integridade e desportivismo.

A exposição inclui nomes nacionais como Rosa Mota, Paulo Gonçalves, Duarte Gomes e Tarantini e internacionais como Nelson Mandela, Jesse Owens, Miroslav Klose e do Borussia Dortmund.

A iniciativa, cuja primeira edição, arrancou em 2017, é promovida pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, através do Plano Nacional de Ética no Desporto, em parceria com o projeto “Escola Embaixadora do Parlamento Europeu”. Tem como objetivo promover os valores europeus, como a solidariedade, a paz na europa, estilos de vida saudáveis, a interajuda entre os jovens, e a plena cidadania europeia.

“A exposição, pelos valores que consigna, tem uma grande procura por parte das escolas”, salienta o IPDJ, segundo o qual o projeto envolveu já mais de uma centena de estabelecimentos escolares.

O evento conta com a presença do presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude, Vítor Pataco e do professor catedrático, Carlos Neto.

 

Recomendadas

Sindicatos rejeitam acordo global e dez acordos “a granel” propostos pelo Ministério da Educação

O líder da Fenprof admitiu avanços em algumas áreas na negociação com o Governo. Contudo assume desacordos, linhas vermelhas e propostas que diz serem inaceitáveis.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.

FENPROF ameaça fazer queixa se professores forem impedidos de fazer greve devido a serviços mínimos

O sindicalista denunciou um caso que terá ocorrido em Faro em que professores terão sido impedidos de estar numa reunião sindical tendo sido invocado para o efeito os serviços mínimos.
Comentários