Incêndio em hospital do Porto provoca um morto

Um incêndio no Hospital de São João, no Porto, provocou este domingo, pelo menos, quatro feridos, dois em estado grave por paragem cardiorrespiratória e um com uma vítima com intoxicação, e também um morto.

O alerta do incêndio, que deflagrou no piso 9 do Hospital de São João, foi dado às 17:40 horas deste domingo e foram enviados para o local 17 operacionais e cinco meios terrestres. O incêndio está controlado, mas ainda decorrem operações de busca e salvamento e os doentes estão a ser retirados do local.

Em declarações à Lusa, fonte do CDOS do Porto adiantou que os pacientes que se encontravam no serviço de Pneumologia estão a ser retirados do local.

Ainda não há indicações da causa do incêndio.

Recomendadas

Músicos afegãos refugiados apresentam-se hoje ao vivo no festival Iminente em Lisboa

 Na génese deste projeto está a cooperativa cultural Largo Residências, de Lisboa, distinguida no ano passado com o prémio da Acesso Cultura na categoria de Acessibilidade Social.

Portugal está na frente na diretiva sobre plásticos de uso único

“Portugal está no pelotão da frente porque já transpôs grande parte” da diretiva e propôs até medidas bastante ambiciosas, por exemplo, em termos de redução de copos de bebidas e embalagens de plástico para ´take away´ (redução de 80% até final de 2026 e de 90% até 2030, tendo por referência os valores de 2022), diz o comunicado da Zero.
Comentários