Inflação sobe para 1,5% em novembro

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou esta quinta-feira de manhã o Índice de Preços no Consumidor em Portugal relativo ao mês de novembro.

A inflação em Portugal subiu para 1,5% em novembro desde ano, depois de, no mês anterior, se ter fixado nos 1,4%, o que representa um aumento de 1 ponto percentual face a outubro.

Os dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), divulgados esta quinta-feira de manhã, mostram que o Índice de Preços no Consumidor (IPC) registou uma variação homóloga de 1,1%, valor inferior em 0,2 pontos percentuais ao apresentado em outubro, sobretudo devido à desaceleração dos preços da classe dos restaurantes e hotéis.

A variação mensal do IPC foi de -0,3% (0,3% no mês precedente e -0,5% em novembro do ano passado) e a variação média dos últimos doze meses fixou-se em 1,3%, taxa superior em 0,1 pontos percentuais à registada no mês anterior, de acordo com a mais recente informação do INE.

“O agregado relativo aos produtos alimentares não transformados registou uma variação homóloga de 2,6% em novembro (0,7% em outubro), enquanto a taxa referente aos produtos energéticos aumentou para 4,5% (2,8% no mês anterior)”, refere o relatório do INE de hoje.

Por classes de despesa, comparativamente a outubro, o organismo de estatística português destaca os aumentos das taxas de variação homóloga das classes dos produtos alimentares e bebidas não alcoólicas (2,4%) e as dos transportes (3,6%), sendo que no mês anterior tinham apresentado os seguintes valores: 1,3% e 2,6%, respetivamente.

Em outubro, o indicador PMI tinha sido sustentado pelo aumento das taxas no turismo e da educação, tendo-se registado um decréscimo no lazer e bebidas alcoólicas e tabaco.

Notícia atualizada às 11h16

Relacionadas

Inflação nos EUA acelera para 0,4% em novembro

No mês anterior a inflação tinha sido de 0,1%. Em novembro, a maior subida registou-se nos preços dos bens de energia, na ordem dos 3,9%.

Alemanha: Inflação acelera para 1,8% em novembro

A inflação dos preços no consumidor acelerou tal como tinha sido previsto pelos dados provisórios gabinete federal de estatística Destatis, apresentados em novembro.

Inflação na zona euro acelera 1,5% em novembro

O índice de preços no consumidor continua a falhar a meta do Banco Central Europeu de uma inflação próxima, mas abaixo de 2%.
Recomendadas

Crise/Inflação: Casais podem receber 125 euros pelo IBAN do reembolso do IRS

O apoio de 125 euros é individual, mas os casais que entreguem o IRS em conjunto e só tenham o IBAN do reembolso deste imposto confirmado nas Finanças recebem o apoio nessa conta bancária, esclareceu hoje fonte oficial.

PremiumPartidos convergem nos apoios às famílias e crescimento económico

Os partidos com assento parlamentar começam a definir as prioridades para o próximo Orçamento do Estado. Num quadro de incerteza, continuidade e necessidade de calibrar medidas é o elemento central do PS. Oposição reclama respostas ao acelerar da inflação.

Premium“Dá-se quase uma medalha a quem consegue fugir aos impostos”, diz presidente da APIT

O presidente da APIT salienta que Portugal está a braços com a economia informal e que são precisas políticas de cidadania na área.
Comentários