Iniciativa Liberal: “Governo não sabe viver sem o dinheiro dos outros europeus”

O deputado único do Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, diz que Portugal não deve continuar a “mendigar esmolas dos países ricos europeus” e que “a verdadeira coesão é deixar de precisão dos fundos de coesão”.

Mário Cruz/Lusa

O Iniciativa Liberal defendeu esta terça-feira que o Governo de António Costa “não sabe viver sem o dinheiro dos outros europeus” e que isso explica a sua rejeição à proposta finlandesa para o Orçamento da União Europeia (UE). O deputado único do Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, diz que Portugal não deve continuar a “mendigar esmolas dos países ricos europeus” e que “a verdadeira coesão é deixar de precisão dos fundos de coesão”.

“Trinta anos depois de Portugal aderir à UE, continuamos a ir a Bruxelas mendigar esmolas dos países ricos europeus. Em vez de ambicionarmos deixar precisar do fundo de coesão e dos outros fundos, mendigam-se migalhas de fundos destinados a objetivos definidos em Bruxelas”, afirmou João Cotrim Figueiredo, no debate quinzenal sobre o quadro financeiro plurianual para 2021-2027.

Para o Iniciativa Liberal, a “verdadeira coesão que os liberais querem é a de deixar de precisar dos fundos de coesão, de crescer mais que os países da nossa dimensão e que connosco concorrem” e diz que é “triste” que Portugal seja o único país do grupo de coesão que não vai crescer mais do que 2%.

João Cotrim Figueiredo indicou que dos quinze Estados-membros que aderiram à UE em 2014, “só dois continuam pobres ao ponto de precisarem de fundos de coesão: Portugal e Grécia”. “São exatamente os países menos liberais e mais estatistas” da UE, disse.

“A reação do Governo às propostas que pretendem reduzir os fundos estruturais, da presidência finlandesa ou outras, é aliás sintomática. Não sabe viver sem o dinheiro dos outros europeus e todos nós conhecemos a frase ‘o socialismo dura até terminar o dinheiro dos outros'”, disse.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Aprovada resolução para a nomeação de ex-adjunto de João Galamba para a ERSE

A decisão foi tomada pelo Conselho de Ministros. Foi também aprovado um plano que visa combater a exclusão social entre as crianças.

PS ‘chumba’ audições de Mariana Vieira da Silva e Pedro Nuno Santos

Os deputados do PS ‘chumbaram’ os requerimentos para audição, na Assembleia da República, da ministra da Presidência, sobre a eficácia das medidas de combate à pandemia, e do ministro das Infraestruturas, sobre a multa aplicada pelos EUA à TAP.
Comentários