Inovação portuguesa presente no Hospital de Tel Aviv

O Tel Aviv Sourasky Medical Center, hospital de referência no tratamento médico e investigação em saúde, em Israel, incorporou uma inovação desenvolvida, em Aveiro, pela portuguesa OLI.

A inovação portuguesa da OLI irá permitir que o Tel Aviv Sourasky Medical Center – a primeira instituição pública de Israel a adoptar uma inovação da empresa portuguesa -, diminuia a taxa de infeções hospitalares e evitar as mortes e complicações associadas a estas doenças.

Os equipamentos selecionados são os autoclismos interiores “OLI74 Sanitarblock” e as placas de acionamento “Electra III”, com um sistema “no touch”, desenvolvidos no Departamento de Investigação e Desenvolvimento e produzidos na fábrica, em Aveiro.

Nos últimos cinco anos, a empresa mobilizou 10 milhões de euros para área de Investigação e Desenvolvimento e alocou meio milhão de euros para a criação de um novo laboratório de teste de vida de produtos.

Atualmente, a empresa portuguesa tem 50 patentes ativas na Europa (42 de invenção e 8 de design) e, nos últimos três anos, surgiu no ‘top 3’ das empresas em Portugal que mais patentearam na Europa.

Recomendadas

Três startups vencem programa de inovação da Prio

As empresas AirCO2 Fintech (Espanha), BeFC (França) e Evyon (Noruega) ganharam a sexta edição do “Jump Start”. “Perante desafios tão importantes como a transformação digital, sustentabilidade e a transição energética, acreditamos que é fundamental dar voz e colaborar com startups”, garante a diretora de I&D da petrolífera.

PremiumPortugal Ventures passa de prejuízo a lucro de 12 milhões

A sociedade do grupo Banco Português de Fomento registou um aumento de 45% na valorização da carteira de capital de risco, em relação a 2020, o que explicou os resultados líquidos positivos.

Phenix assegura 15 milhões de euros para reduzir o desperdício alimentar

Com este apoio financeiro, a Phenix, que faz parte do movimento Tech For Good, espera atingir a meta dos 10 milhões de downloads na sua aplicação móvel anti desperdício e poupar mil milhões de refeições de serem desperdiçadas até 2024.
Comentários