Ciência. É possível transformar cascas de ovos em materiais cerâmicos?

Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA), liderada pelo investigador do Departamento de Geociências, José Velho, descobriu um processo que permite utilizar cascas de ovos no fabrico de materiais cerâmicos. O método já patenteado junta a vantagem ambiental à económica. A Universidade de Aveiro destaca em comunicado: Para além de evitar que as […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA), liderada pelo investigador do Departamento de Geociências, José Velho, descobriu um processo que permite utilizar cascas de ovos no fabrico de materiais cerâmicos.

O método já patenteado junta a vantagem ambiental à económica. A Universidade de Aveiro destaca em comunicado: Para além de evitar que as cascas de ovos tenham como destino o lixo, podendo o produtor de ovos vender o material em vez de pagar pelo respetivo transporte para aterros sanitários, o processo também permite que os fabricantes de cerâmica poupem dinheiro já que o cálcio das cascas é uma alternativa de baixo custo à calcite usada como matéria-prima e cujo processo de extração apresenta uma pegada de carbono elevada.

“Encontrar uma utilização industrial para um resíduo que possui custos elevados para ser transportado e encaminhado para uma unidade de tratamento e substituir uma matéria-prima que é utilizada na pasta cerâmica, a calcite, por algo de composição química semelhante com um preço mais baixo” foram os grandes objetivos pelos quais se pautou José Velho.

O investigador encontrou nas cascas a solução óbvia já que “anualmente são produzidas em Portugal pelo menos 2600 toneladas de resíduo de casca de ovo, cuja composição química é semelhante à calcite, e que envolvem um custo para transporte e tratamento nos aterros sanitários de cerca de 122 euros por cada tonelada”.

OJE

Recomendadas

Preço das casas para arrendar em Portugal subiu 2,9% em novembro

No final do mês de novembro, arrendar casa tinha um custo de 12,5 euros por metro quadrado.

CEO da EDP diz que Portugal tem sido “exemplo de estabilidade” nos preços para as famílias (com áudio)

Em declarações aos jornalistas durante uma visita a um parque solar flutuante em Singapura, o CEO da EDP disse que a evolução dos preços em Portugal, incluindo um aumento médio de cerca de 3% do valor global da fatura de eletricidade dos clientes residenciais da EDP Comercial a partir de janeiro, “é uma coisa perfeitamente estável face ao enquadramento que existe”.

Topo da Agenda: o que não pode perder nos mercados e na economia esta quarta-feira

A União Europeia deverá divulgar na quarta-feira dados concretos sobre a evolução do emprego no terceiro trimestre deste ano. O indicador é importante na definição da estratégia de política monetária daqui para a frente, já que historicamente sinaliza (ou não) um cenário de recessão – uma preocupação que tem estado na agenda dos bancos centrais.