Insólito: Jedis querem ser religião oficial no Reino Unido

Os auto-designados “Cavaleiros Jedis” bem tentaram chegar ao estatuto de religião mas a Força não esteve com eles.

O universo da saga Star Wars é seguido com enorme entusiasmo em todo o mundo mas poucos ganham ao fervor demonstrado por uma organização sediada no Reino Unido auto-denominada: Cavaleiros Jedi. Estes Jedi britânicos fizeram um pedido ao governo britânico no sentido de que considerasse a filosofia Jedi uma religião. Estranhamente, ou talvez não, a Força não esteve com estes Jedi e o governo britânico recusou a distinção.

Este Templo da Ordem Jedi, que se descreve com uma religião “baseada no conhecimento da Força”, solicitou isenção de impostos este ano, mas a Comissão de Caridade Britânica, ligada ao governo do Reino Unido, decidiu que a organização não cumpria as exigências e por isso, não poderia ser designada de religião ao abrigo da lei de caridade britânica.

No Reino Unido, 177 mil pessoas declararam-se Jedis no campo para designar a religião no censos de 2011, uma queda acentuada em relação a 2001 quando 390 mil pessoas diziam ser Jedis.

Recomendadas

Emirados Árabes Unidos vão fornecer à Alemanha gás liquefeito e gasóleo em 2022 e 2023

Segundo a agência noticiosa oficial dos Emirados, Wam, o acordo prevê a exportação de uma carga de gás natural liquefeito (GNL) para a Alemanha no final de 2022, seguida do fornecimento de quantidades adicionais em 2023.

Angola cresce 3,5% este ano, mas abranda para 1,8% em 2023

“O forte crescimento de Angola este ano dificilmente vai prolongar-se para 2023, já que a produção petrolífera deverá regressar à tendência decrescente”, lê-se numa análise às maiores economias da África subsaariana, região que deverá ver o PIB deste ano expandir-se 3,3%, abrandando face aos 4,4% do ano passado.

China diz que EUA estão a enviar “sinais perigosos” sobre Taiwan

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês deixou claro que uma escalada das atividades independentistas torna difícil um acordo pacífico, no que diz respeito a Taiwan,
Comentários