Instituto Europeu da Inovação e Tecnologia tem 12 milhões para modernizar o ensino superior

O EIT está à procura de iniciativas que envolvam a capacitação de talentos da área da tecnologia nas universidades e politécnicos, em linha com um dos seus principais programas de educação “Deep Tech Talent Initiative”.

O Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (EIT – European Institute of Innovation & Technology) lançou esta segunda-feira uma call (chamada) com 12 milhões de euros para projetos de digitalização nas instituições de ensino superior da Europa. A organização da União da Europeia está a receber candidaturas em vista ao desenvolvimento de capacidades inovadoras nas universidades, politécnicos e seus parceiros.

O EIT está à procura de iniciativas que envolvam a capacitação de talentos da área da tecnologia no ensino superior, em linha com o um dos principais programas de educação “Deep Tech Talent Initiative”, cuja meta é formar um milhão de talentos até 2023.

O convite à apresentação de propostas abre no final da próxima semana, dia 17 de novembro, e fecha a 28 de fevereiro de 2023. Nesta chamada serão selecionados até 16 projetos de consórcios académicos e não académicos, que serão anunciados em maio do próximo ano.

“Com a ajuda da EIT Higher Education Institutions Iniciative, as instituições de ensino superior estão a transformar-se em exemplos líderes de mudança institucional e a tornar-se profundamente integradas no nosso ecossistema de inovação pan-europeu. Iniciativas como esta apoiam diretamente a Nova Agenda Europeia de Inovação, que está a trabalhar para transformar a Europa em uma potência global de inovação de tecnologia profunda”, comentou a comissária europeia para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel.

Nas duas calls anteriores, o EIT premiou cerca de 50 projetos para mais de 290 estabelecimentos de ensino superior e 300 organizações não académicas (empresas, centros de investigação, entidades públicas e associações). “As instituições de ensino superior da Ucrânia são especialmente bem-vindas”, ressalvou o EIT, em comunicado divulgado aos meios de comunicação.

O presidente do conselho de administração do EIT admite que, enquanto docente e cientista, testemunhou “em primeira mão” o papel das universidades na promoção da inovação e requalificação como resposta às necessidades do “futuro da transferência de conhecimento”. “Com os rápidos avanços na tecnologia, as universidades precisam de reagir rapidamente no fornecimento de várias capacidades aos alunos que nos permitirão ver mais inovadores emergirem dos seus programas”, afirmou Nektarios Tavernarakis.

Para responder às dúvidas dos potenciais inscritos, o instituto europeu organizou quatro webinares: a 17 de novembro, 5 de dezembro, a 10 de janeiro de 2023 e a 7 de fevereiro de 2023.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.
2022_12_07_Prisms-HotToast

Prisms: reinvenção do ensino de matemática

A Prisms desenvolveu uma plataforma onde os alunos aprendem matemática de uma forma imersiva, utilizando uns óculos de realidade virtual.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira, 5 de dezembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira.
Comentários