Internacionalização dos Pestana Collection Hotels avança com aposta em Amesterdão e Madrid

Já existem quatro unidades Collection: o Pestana Palace Lisboa Hotel & National Monument, Pestana Vintage Porto Hotel & World Heritage Site, Pestana Cidadela Cascais Pousada & Art District, Pestana Palácio do Freixo Pousada & National Monument.

O grupo hoteleiro multinacional de origem portuguesa anunciou o reforço da presença em duas das principais capitais europeias: Amesterdão e Madrid, alargando e internacionalizando o portefólio da marca Pestana Collection Hotels para além de Portugal.

Para a empresa, segundo esclarece José Roquette, Chief Development Officer do Pestana Hotel Group, em comunicado, trata-se de uma “etapa histórica no Pestana Hotel Group que mostra o reforço da nossa presença nas principais capitais europeias e a aposta na expansão da marca Pestana Collection Hotels, marca premium do Grupo, além-fronteiras”.

Especificamente sobre estas apostas, o responsável sublinha que a experiência na recuperação de património histórico e a respetiva adaptação destes edifícios à realidade hoteleira “faz com tenhamos vindo a consolidar o nosso investimento na marca Collection, cujas unidades representam a transformação de espaços históricos em hotéis excecionais, tornando-os únicos e icónicos”.

Na Holanda, o Pestana Amsterdam Riverside Hotel & National Monument resulta de um investimento de 40 milhões de euros, estando prevista a sua abertura, em “soft opening”, ainda durante o mês de dezembro. O novo hotel de 5 estrelas é um Monumento Nacional, que serviu outrora como Câmara Municipal de New Amstel e foi posteriormente Arquivo da cidade de Amesterdão. Em plena margem do rio Amstel e a poucos minutos a pé do centro, o icónico edifício de estilo neorrenascentista é uma atração incontornável do seu bairro, considerado o “Quartier Latin” da capital holandesa. De salientar ainda a parceria inédita com o reputado chef holandês Peter Lute, que assina a cosmopolita e refinada carta do bar e restaurante do novo membro dos Pestana Collection Hotels, o ARC.

A aposta estende-se também à vizinha Espanha, com a obra do futuro Pestana Plaza Mayor a entrar na sua segunda fase, prolongando-se para a Calle Imperial. De salientar que, em 2015, o Grupo ganhou o concurso para transformação do edifício histórico da Casa de la Carnicería. Uma construção do séc. XVII, usada nessa época para o abastecimento de carne às lojas da cidade. Com mais de 400 anos, é um edifício com estatuto de Interesse Cultural, desde 1985. O projeto de recuperação e transformação da propriedade respeita os valores arquitetónicos do espaço e valoriza um dos ex-libris do centro histórico de Madrid. O futuro hotel terá 70 quartos e resulta de um investimento de 11 milhões de euros.

 

 

Recomendadas

Governo enaltece sucesso de empresas portuguesas de construção no mercado dos EUA

Em declarações à Lusa no Seminário Anual da Rede de Empreendedores da Construção (CENSE, na sigla em inglês), na cidade norte-americana de Newark, o secretário de Estado da Internacionalização saudou a presença de dezenas de empresas luso-americanas no evento, realçando que muitas viajaram de propósito de Portugal para ali explorarem oportunidades de negócio.

Alemanha reitera apoio a gasoduto nos Pirinéus e diz que França não excluiu projeto

O chanceler alemão destacou que este projeto tem uma perspetiva de longo prazo e que, para além do transporte de gás no imediato, servirá para fornecer outras energias, como hidrogénio, no futuro.

“Nova atitude da TAP perante os gastos terá de abranger também os pilotos”, desafia SPAC

Sindicato dos Pilotos diz que “enquanto uns têm cortes brutais no seus vencimentos” e ainda há “processos de despedimento em curso”, renova-se o parque automóvel dos cargos de direção “com 79 viaturas”.
Comentários