Inundações no estado norte-americano do Kentucky já mataram 25 pessoas

“Este é um desastre natural em curso. Ainda estamos em modo de busca e salvamento. Felizmente, a chuva parou, mas vai voltar a chover a partir da tarde de domingo”, afirmou o governador Andy Beshear, em declarações à estação norte-americana Fox News.

1 – Estados Unidos (8,1 mil toneladas)

As inundações que estão a assolar o estado norte-americano de Kentucky já mataram, pelo menos, 25 pessoas, disse hoje o governador da região, alertando que as buscas para encontrar todas as vítimas poderão levar várias semanas.

“Este é um desastre natural em curso. Ainda estamos em modo de busca e salvamento. Felizmente, a chuva parou, mas vai voltar a chover a partir da tarde de domingo”, afirmou o governador Andy Beshear, em declarações à estação norte-americana Fox News.

Andy Beshear referiu que as equipas de resgaste continuam a fazer tudo por tudo para entrar nas áreas mais atingidas, algumas delas as mais pobres dos Estados Unidos da América.

Até ao momento, as autoridades fizeram mais de 1.200 resgates, através de helicópteros e barcos, registando-se 25 óbitos.

Entre as vítimas mortais encontram-se crianças.

Na sexta-feira, Andy Beshear sobrevoou partes da região inundada e descreveu o cenário encontrado como “devastador” e algo “nunca antes visto”.

“Estamos empenhados em levar a cabo uma reconstrução total para que estas pessoas se possam reerguer. Mas, para já, podemos apenas rezar para que não morra mais ninguém”, afirmou.

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, aprovou na sexta-feira uma declaração de desastre para o Kentuchy, para que o estado possa receber ajuda federal.

As inundações estenderam-se até ao oeste da Virgínia e ao sul da Virgínia Ocidental.

Em consequência, o governador da Virgínia Ocidental, Jim Justice, declarou estado de emergência para seis condados deste estado, onde as inundações derrubaram árvores, cortaram energia e bloquearam estradas.

Também na Virginia, o governador, Glenn Youngkin, fez uma declaração de emergência, permitindo que as autoridades mobilizassem todos os recursos.

Recomendadas

Pentágono afirma que 80 mil soldados russos foram mortos ou feridos na Ucrânia

Cerca de 80.000 soldados russos foram mortos ou feridos desde o início da invasão da Ucrânia, disse hoje o número três do Pentágono, Colin Kahl, salientando que os alvos anunciados pelo Presidente russo, Vladimir Putin, ainda não foram atingidos.

Lapid diz que Israel “cumpriu todos os objetivos” no ataque à Faixa de Gaza

O primeiro-ministro israelita Yair Lapid afirmou hoje que a Operação Amanhecer contra a Jihad Islâmica em Gaza “cumpriu todos os seus objetivos” e que a totalidade do alto comando militar do grupo “foi atacado com êxito em três dias”.

Brasil/Eleições. Juíza pede à PGR investigação contra Bolsonaro por ataque às urnas eletrónicas

A juíza Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil, enviou esta segunda-feira à Procuradoria-Geral da União (PGR) um pedido de investigação contra o Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, por ter feito ataques ao sistema eleitoral num encontro com embaixadores.
Comentários