Investigadora sérvia vence prémio científico da IBM

Um trabalho de investigação da autoria de Marija Vranic.

Esta quarta-feira, dia 16 de janeiro, o Instituto Superior Técnico (IST) recebe a cerimónia de entrega do Prémio Científico IBM que distinguiu este ano o trabalho de uma investigadora desta instituição. O evento contará com a participação do Presidente da República, do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do presidente do IST, e do presidente da IBM Portugal, entre outras personalidades.

O trabalho de investigação da autoria de Marija Vranic, natural da Sérvia, usou supercomputadores para abordar o estudo dos efeitos de feixes laser de alta densidade energética e as suas aplicações em campos como a medicina, podendo levar à construção de fontes compactas de partículas e de radiação de raios-X e raios-gama. Entre outras, estas fontes podem ser usadas para examinar materiais industriais e fazer imagens médicas de contraste elevado.

“É uma grande honra receber este prémio da IBM, uma vez que é um reconhecimento importante do meu trabalho, juntando-me aos restantes premiados que têm demonstrado um percurso bem-sucedido nas mais diversas áreas científicas e de inovação. Este trabalho, que me permite conciliar a minha paixão pela Programação, Física e Matemática, é desenvolvido ao nível da computação de alto desempenho associado à tecnologia laser e vai possibilitar que surjam novidades para fins industriais e aplicações médicas, facto que me deixa muito orgulhosa”, disse.

O “Prémio Científico IBM” distingue anualmente os melhores trabalhos de elevado mérito científico no campo da computação e das novas tecnologias, estimulando jovens investigadores a divulgarem as suas pesquisas. O júri é constituído por um grupo de cientistas e académicos, de diferentes domínios, que distingue o trabalho mais original e com maior potencial para impactar a investigação científica aplicada ao mundo real e contribuir para projetar o futuro da ciência e da inovação em Portugal.

PCGuia
Recomendadas

“Há interessados em criar Zonas Livres Tecnológicas para criptomoedas”, diz secretário de Estado da Digitalização

Mário Campolargo, em entrevista ao Jornal Económico, explica os objetivos do Governo em renovar a Estratégia de Blockchain e Web3 e garante que há interesse por parte de vários ‘players’ em testar moedas virtuais nos espaços livres de constrangimentos regulatórios.

Empresas reafirmam investimento contra riscos cibernéticos

A cibersegurança é uma prioridade para as empresas. O reforço do investimento na proteção de contra ataques mantém-se apesar da conjuntura atual marcada pela subida dos custos. 

Equinix cria fundo solidário de 50 milhões para promover a inclusão digital

A empresa de tecnologia norte-americana criou uma nova estrutura de apoio educativo. O conselho de administração da fundação irá, todos os anos, determinar o montante de doações da fundação, de modo a cobrir a concessão de contribuições ou a correspondência com as ofertas dos colaboradores.
Comentários