Investimento empresarial aumenta na Zona Euro

A taxa de investimento das empresas da Área do Euro aumentou 22,3% no segundo trimestre de 2015, o que representa um crescimento ligeiro face à evolução do trimestre anterior (22%). A quota de lucro das empresas na Área do Euro foi de 40,0%, mantendo-se estável em comparação com o primeiro trimestre de 2015. Esta informação […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A taxa de investimento das empresas da Área do Euro aumentou 22,3% no segundo trimestre de 2015, o que representa um crescimento ligeiro face à evolução do trimestre anterior (22%).

A quota de lucro das empresas na Área do Euro foi de 40,0%, mantendo-se estável em comparação com o primeiro trimestre de 2015.

Esta informação foi divulgada esta manhã pelo Eurostat, Gabinete de Estatística da União Europeia e pelo Banco Central Europeu (BCE) e consolida os primeiros dados relacionados com as contas trimestrais setoriais europeias, ajustadas à sazonalidade.

OJE

Recomendadas

“Orçamento da Saúde para o próximo ano poderá não ser suficiente”, alerta Correia de Campos

O antigo presidente do Conselho Económico e Social destaca o aumento de 2,7% do orçamento para a Saúde para 2023 mas adverte que o mesmo não vai ser suficiente tendo em conta que não acompanha “nem a inflação, nem a manutenção do equipamento, nem o reforço salarial necessário”

Portugal e Espanha terão de continuar a ter “exceção ibérica” no preço do gás

O primeiro-ministro disse que tem de continuar a haver uma “exceção ibérica” para os preços do gás mesmo que seja criado um novo mecanismo europeu, porque Portugal e Espanha continuam a ser “uma ilha” energética.

Costa contraria ideia de empobrecimento e afirma que Portugal está a crescer mais do que Alemanha, França e Espanha

Dados de Costa surgem dias depois das previsões de Outono da Comissão Europeia, cujas mais recentes previsões indicam que em 2024 a Roménia ultrapassará Portugal no ranking de desenvolvimento económico da UE.