IRS Jovem passa a abranger doutorados até aos 30 anos

Os deputados disseram “sim” à proposta de alteração do PS que muda o IRS Jovem, alargando o seu potencial relativamente aos doutorados.

Os deputados aprovaram na especialidade a proposta socialista que prevê que os doutorados até aos 30 anos podem optar pela isenção de imposto previsto no IRS Jovem poderá.

Na proposta de Orçamento do Estado para 2022 entregue em abril pelo ministro das Finanças, Fernando Medina, está previsto o alargamento do IRS Jovem, determinando-se que o período de isenção de imposto passará a abranger não somente os três primeiros anos da vida ativa, mas os primeiros cinco anos.

Em sede de especialidade, o PS apresentou, além disso, uma proposta que muda as regras no que diz respeito aos doutorados, estabelecendo-se que, neste caso, “a idade de opção por este regime é estendida até aos 30 anos, inclusive.” “Falamos, na prática, de um alargamento que beneficia potencialmente jovens trabalhadores até 35 anos”, sublinharam os socialistas, na apresentação desta medida, que foi agora aprovada.

Ao abrigo do IRS Jovem, conforme está previsto na proposta orçamental em discussão, os jovens têm direito a uma isenção de 30% do IRS, nos primeiros dois anos de trabalho. No terceiro e quarto, a isenção prevista é de 20% e no quinto é de 10%.

A discussão e votação na especialidade do Orçamento do Estado decorrerá durante esta semana, estando marcada para esta sexta-feira a votação final global. Considerando que o PS tem atualmente a maioria absoluta no Parlamento, a aprovação desse documento já está garantida, sete meses depois do chumbo histórico que levou à antecipação das eleições legislativas.

Recomendadas

Eficiência energética na linha da frente para reduzir dependência de Putin

Governo e empresas analisam o atual momento da eficiência energética. Defendem que chegou a altura de Portugal e a Europa acelerarem para desligar a ficha de Moscovo e do regime de Vladimir Putin. Sector energético português está comprometido com metas.

Wimbledon: João Sousa e o australiano Jordan Thompson afastados em pares

O tenista português João Sousa e o australiano Jordan Thompson foram hoje eliminados na segunda ronda de pares de Wimbledon.

Itália alerta para subida de preço da energia por fecho do Nord Stream

O ministro da Transição Ecológica italiano, Roberto Cingolani, alertou hoje que se espera um novo aumento do preço da energia em Itália depois de a Rússia anunciar o fecho do gasoduto Nord Stream para manutenção, adiantou a EFE.
Comentários