Isabel II: BE critica três dias de luto nacional que não representam “sentimento republicano”

 “O Governo português declara três dias de luto nacional pela morte de Isabel II. É tanto ridículo como pacóvio”, refere Pedro Filipe Soares numa publicação na rede social Twitter. 

Cristina Bernardo

O líder parlamentar do BE, Pedro Filipe Soares, criticou esta quinta-feira a decisão do Governo de declarar três dias de luto nacional pela morte de Isabel II, considerando que “não representa o sentimento popular e republicano”.

“O Governo português declara três dias de luto nacional pela morte de Isabel II. É tanto ridículo como pacóvio”, refere Pedro Filipe Soares numa publicação na rede social Twitter.

Na opinião do líder parlamentar e dirigente do BE esta decisão “não representa o sentimento popular e republicano”, assim como não o representa a ele próprio.

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o decreto que declara três dias de luto nacional pela morte da Rainha Isabel II do Reino Unido, cumprindo-se nos dias 18, 19 e 20 de setembro.

“Sua Majestade a Rainha Isabel II do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte marcou profundamente a segunda metade do século XX e o primeiro quartel do século XXI. Assim, neste momento de prolongado e profundo luto no nosso mais antigo Aliado, entende o Governo declarar o luto nacional nos dias 18, 19 e 20 de setembro de 2022”, justifica o Conselho de Ministros.

Em comunicado, sublinha-se que o decreto de três dias de luto nacional é a “justa homenagem a sua Majestade a Rainha Isabel II”.

Um dos dias do luto nacional coincide com o dia do funeral de Estado da monarca britânica, que se realizará no dia 19 de setembro e no qual Portugal estará representado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

A rainha Isabel II morreu na passada quinta-feira no Castelo de Balmoral, na Escócia, após mais de 70 anos do mais longo reinado da história do Reino Unido.

Recomendadas

Rainha Isabel II morreu de “velhice”, aponta atestado de óbito

O certificado também identifica o local da morte da rainha como “Castelo Balmoral”, a sua “residência habitual”

Conheça algumas das citações mais emblemáticas de Isabel II

“Declaro diante de todos vós que toda a minha vida, seja longa ou curta, será dedicada ao vosso serviço e ao serviço da nossa grande família imperial à qual todos pertencemos”, é uma das frases mais marcantes da rainha, que foi proferida no seu 21.º aniversário.

🔴 Em direto. Acompanhe o último adeus a Isabel II

Decorrem as cerimónias fúnebras da monarca britânica, após dez dias de luto. Centenas de líderes mundiais marcam presença no funeral de Isabel II, que morreu no dia 9 de setembro, aos 96 anos. Acompanhe em direto.
Comentários