Já atestou? Preços sobem amanhã (e bastante)

Tanto o gasóleo como a gasolina vão subir na próxima semana. O aumento da gasolina pode chegar aos três cêntimos, levando este combustível para valores de abril passado. O gasóleo pode ficar até 2 cêntimos mais caro e atingir valores que não se viam desde março.

O cenário é de subida generalizada no preço dos combustíveis em Portugal. As fontes do setor contactadas pelo Jornal Económico revelam que tanto o gasóleo como a gasolina vão subir na próxima semana, e de forma significativa.

Os aumentos serão mais fortes nas principais gasolineiras, onde se verificará um aumento de até três cêntimos na gasolina, ficando o gasóleo até dois cêntimos mais caro. Confirmando-se os piores cenários, o preço do gasóleo regressará a valores não vistos desde março passado, ao passo que o valor da gasolina voltará a níveis iguais aos do passado mês de abril. Nas chamadas “marcas brancas” o aumento será menor e irá cifrar-se em dois cêntimos no caso da gasolina, com a subida do gasóleo a quedar-se em um cêntimo.

De acordo com as fontes contactadas pelo Jornal Económico, estes aumentos devem-se à subida do preço do crude para os valores mais altos dos dois últimos anos e a intenção da OPEP em prolongar os cortes de produção para além de março de 2018, aliados ao aumento da procura na China e aos problemas geopolíticos que assolam o Curdistão.

Os mais económicos (dados DGEG)
Gasolina(s):
Intermarché Mondim de Basto – 1,328€
Intermarché da Covilhã – 1,335€
Intermarché de Belmonte – 1,335€
Distrigandara – Supermercados, Lda – 1,338€
Pingo Doce de Leiria Marrazes – 1,339€

Gasóleo(s):
Distrigandara – Supermercados, Lda – 1,122€
Pingo Doce de Leiria Marrazes – 1,123€
Pingo Doce de Monção – 1,124€
Gasolar – Caminha – 1,125€
Gasolar – Monção – 1,125€

Relacionadas

Combustíveis: Escolher o posto certo vale poupança de 540 euros por ano

Numa família com dois automóveis, com um consumo mensal de 180 litros, escolher o posto mais barato pode valer uma poupança de 540 litros por ano. No Porto consegue poupar-se mais que em Lisboa.
Recomendadas

Bruxelas quer emitir 50 mil milhões de euros em obrigações para financiar NextGenerationEU

Bruxelas anunciou o programa de financiamento para entre julho e dezembro.

Bruxelas favorável a reprogramação de investimentos face aos preços

A Comissão Europeia respondeu hoje favoravelmente à solicitação de Portugal e outros Estados-membros para que os programas de investimentos dos Planos de Recuperação e Resiliência (PRR) possam ser reprogramados, face aos preços “anormalmente elevados”, revelou o primeiro-ministro.

DECO questiona porque Espanha reduz IVA para 5% e Portugal não

“O pagamento da fatura de eletricidade e gás tem um peso considerável no orçamento das famílias portuguesas, pelo que consideramos que a redução do IVA é uma medida adequada, necessária e urgente”, escreve a DECO.
Comentários