Já estão abertas as candidaturas ao programa de incubação da Startup Braga

A incubadora está à procura de projetos com elevado potencial empreendedor nos mercados internacionais, que pretendam fixar-se no hub de inovação.

Estão abertas as candidaturas ao programa de incubação da Startup Braga, o hub [centro] de inovação da InvestBraga. A atuar em áreas tão diversificadas como a economia digital, a nanotecnologia e as tecnologias para a saúde, a Startup Braga está à procura de “projetos com elevado potencial empreendedor nos mercados internacionais, que pretendam fixar-se no hub de inovação”.

Para Alexandre Mendes, diretor da Startup Braga, “o programa de incubação é, por definição, um formato em que se pretende acolher startups e ajudá-las a crescer o mais rapidamente possível”. “O ideal é que possam passar pelo programa, beneficiar do nosso apoio e mentoria, tirar partido da rede de empresas e especialistas, apresentarem-se a investidores e a clientes e ter acesso a escritórios que permitam a estas equipas alavancar os seus negócios para darem o salto”, diz.

Vocacionado para apoiar o desenvolvimento de empresas de base tecnológica com ambição internacional, a incubação da Startup Braga “garante o acesso à rede de empreendedores, startups e scale-ups, mentores e especialistas de diversas indústrias do universo da incubadora, bem como a serviços e produtos fornecidos por parceiros”. Os projetos beneficiam, ainda, de momentos de formação contínua para apoio ao crescimento do negócio.

Os empreendedores interessados em candidatar-se ao programa de incubação da Startup Braga poderão submeter candidatura através do website oficial do hub. As inscrições decorrem ao longo de 2020, tendo as seguintes cut-off dates:

  • 15 de janeiro de 2020
  • 15 de maio de 2020
  • 15 de setembro de 2020
PCGuia
Recomendadas

Networkme recebe um milhão de euros para expandir negócio na Península Ibérica

O financiamento foi liderado pela sociedade de capital de risco Big Sur Ventures, que conta com a participação do banco espanhol Bankinter, através da Fundação Inovação Bankinter.

Airbnb. Anfitriões em Lisboa ganharam mais de 11 milhões com a Web Summit desde 2016

O ano passado, um anfitrião típico em Lisboa ganhou em média 400 euros. Nos quatro dias do evento de tecnologia, que regressa à capital portuguesa no próximo mês, foram acolhidos 11 mil hóspedes.

Três startups vencem programa de inovação da Prio

As empresas AirCO2 Fintech (Espanha), BeFC (França) e Evyon (Noruega) ganharam a sexta edição do “Jump Start”. “Perante desafios tão importantes como a transformação digital, sustentabilidade e a transição energética, acreditamos que é fundamental dar voz e colaborar com startups”, garante a diretora de I&D da petrolífera.
Comentários