Japoneses fogem a crise interna e investem em cervejas europeias

Grupo cervejeiro japonês Asahi adquiriu várias marcas de cerveja na Europa, propriedade do gigante do setor Anheuser-Busch InBev (ABInveb) por 7,3 mil milhões de euros.

Esta aquisição amplia a até agora escassa presença no panorama internacional da japonesa Asahi, uma das maiores cervejeiras do país, que este ano já tinha adquirido outras marcas europeias como a Peroni ou a Grolsch.

Com o novo acordo, a Asahi adquire a checa Pilsner Urquell – que possui marcas como a Gambrinus e que conta com uma quota de mercado de 45% no país do centro da Europa –, as polacas Tyskie e Lech, a eslovaca Topvar, a húngara Dreher e a romana Ursus, segundo fontes citadas no diário checo Novinky.

Nos últimos anos, as cervejeiras japonesas estão a ampliar a sua presença exterior devido ao envelhecimento e decréscimo que tem-se vindo a notar na população do arquipélago asiático.

Recomendadas

Os 10 cisnes negros de 2023: UnBrexit? Ouro nos três mil dólares? Macron demite-se?

Estes são os 10 eventos mais improváveis de acontecer no próximo ano.

Banco do Canadá sobe taxas de juro em 50 pontos base para 4,25%

O Banco do Canadá aumentou hoje as taxas de juro em 50 pontos base, para 4,25%, acima do esperado e o nível mais alto desde o início de 2008.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.
Comentários