JE Bom Dia: Cimeira do G20 começa esta segunda-feira

Na véspera do arranque formal do encontro entre os líderes da África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Rússia, Turquia, Reino Unido e União Europeia, os presidentes Joe Biden e Xi Jiping reúnem-se presencialmente, pela primeira vez desde janeiro de 2021.


A próxima cimeira do G20, que reúne os líderes das 20 maiores economias do mundo, acontece amanhã e quarta-feira, mas é no logo início da semana que arrancam as negociações, com um inédito encontro entre os presidente dos Estados Unidos e da China, na ilha de Bali, na Indonésia. É a primeira reunião presencial entre Xi Jiping e Joe Biden desde que o presidente norte-americano chegou à Casa Branca, em janeiro de 2021. O desfecho será importante para a minimizar a tensão Washington-Pequim.

O G20 reúne 19 países (África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Rússia, Turquia e Reino Unido) e a União Europeia. No entanto, o presidente russo, Vladimir Putin, informou que não irá a Bali, e far-se-á representar pelo ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov.

Recomendadas

Compras online crescem mais de 36% em 2021 e atingem os 10 mil milhões de euros

As compras online de bens e serviços no ano passado valeram 10 mil milhões de euros, um crescimento de mais de 36% face a 2020. Os resultados do ‘CTT e-Commerce Report’ notam que cerca de cinco milhões de portugueses realizaram compras online em 2021.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

PIB em volume aumentou 4,9% face a 2021 e 0,4% em cadeia no terceiro trimestre

O Produto Interno Bruto (PIB), em termos reais, registou uma variação homóloga de 4,9% no terceiro trimestre deste ano. No trimestre anterior, essa variação foi de 7,4%.
Comentários