JE Bom Dia. EUA divulgam dados do crescimento em 2022

Bom dia. A maior economia mundial faz contas ao crescimento no ano passado, num dia marcado também por mais resultados das cotadas em Wall Street. Por cá, há eleições para a CNPD.


Os Estados Unidos vão hoje divulgar os dados do crescimento no ano passado. 2022 foi um ano dificultado pela subida generalizada dos preços e por uma tentativa, por parte da Reserva Federal, de normalizar a política monetária. Ainda assim, paira no horizonte a perspetiva de uma recessão, que se pensa ter sido evitada, e este ano arranca tímido e anémico. Veremos o que dizem os indicadores conhecidos hoje.

Também do outro lado do Atlântico, prossegue a época de resultados em Wall Street – hoje destaque para a Visa e para a Mastercard e também para o sector de transporte aéreo – American Airlines e Southwest fazem contas àquele que foi um ano de recuperação e também a Comcast, a Xerox e a Louis Vuitton têm publicações agendadas.

Por cá, pelas 15h00, são eleitos um presidente e um vogal para a Comissão Nacional de Proteção de Dados.

Hoje às 11h00 na JE TV e nas redes sociais do JE assista ao programa A Arte da Guerra, com a análise do embaixador Francisco Seixas da Costa aos temas mais prementes da política interncional. Mais logo, assista também à JE Talks Soluções de Poupança e Reforma – o especial sai amanhã com a edição impressa do Jornal Económico, que pode ler, como sempre, a partir da meia-noite de hoje em jornaleconomico.pt.

Recomendadas

Governo diz que concurso internacional para SIRESP permitiu economizar 30% da despesa prevista

As empresas vencedoras do concurso público internacional foram a Motorola, NOS, OMTEL, No Limits, Moreme e Altice Labs.

“Valorização dos salários é crítica”, reconhece ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

Ana Mendes Godinho garante que o governo continuará a implementar medidas suplementares para a valorização do salário e, nesse sentido, anunciou que já em março vai ser lançada uma iniciativa dirigida às empresas que contratem jovens com contratos permanentes e um valor mínimo de 1.320 euros de vencimento. As empresas serão apoiadas pelo Estado no pagamento desse vencimento.

Descida da inflação permite corte de 2,5% em Angola

A consultora Oxford Economics Africa considerou este sábado que a descida da inflação para 12,2% durante este ano dará espaço ao banco central de Angola para descer a taxa de juro para 250 pontos base.
Comentários