JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira, 30 de junho

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta quinta-feira.

Lusa

 

Ouça e acompanhe o podcast “JE Notícias” em:

Spotify | Google Podcasts | Apple Podcasts

 

 
António Costa e Pedro Nuno Santos já se encontram reunidos em São Bento, para discutirem a polémica em torno da revogação do despacho sobre a solução aeroportuária para a região de Lisboa, que o ministro das Infraestruturas e da Habitação apresentou na quarta-feira.

Segundo, a “RTP3”, Pedro Nuno Santos chegou à residência oficial do primeiro ministro perto das 14h30. Pouco depois das 15h00, o primeiro ministro entrou na sua residência oficial depois de ter viajado de Madrid, onde participou na cimeira da NATO que decorreu nos últimos dias.
 

 
O ministro das Infraestruturas e da Habitação falhou hoje a presença num evento imobiliário esta quinta-feira, 30 de junho.

Pedro Nuno Santos deveria ter discursado na abertura da III Conferência da Promoção Imobiliária organizada pela Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII) que decorre hoje em Lisboa.
 

 
António Costa rejeitou hoje comentar se o ministro Pedro Nuno Santos vai continuar no Governo. O primeiro-ministro disse que rejeita comentar a polémica por estar fora do país, na cimeira da NATO em Madrid.

“Tenho uma regra de não comentar assuntos de politica nacional” no exterior. “Não falo sobre questões nacionais fora do país”, disse hoje António Costa.
 

 
António Costa rejeitou hoje comentar se o ministro Pedro Nuno Santos vai continuar no Governo. O primeiro-ministro disse que rejeita comentar a polémica por estar fora do país, na cimeira da NATO em Madrid.

“Tenho uma regra de não comentar assuntos de politica nacional” no exterior. “Não falo sobre questões nacionais fora do país”, disse hoje António Costa.
 

 
O primeiro-ministro, António Costa, determinou hoje a revogação do despacho publicado na quinta-feira sobre a solução aeroportuária para a região de Lisboa e reafirmou que quer uma negociação e consenso com a oposição sobre esta matéria.

“O primeiro-ministro determinou ao Ministério das Infraestruturas e da Habitação a revogação do despacho ontem [quarta-feira] publicado sobre o novo aeroporto da região de Lisboa”, lê-se num comunicado hoje divulgado pelo gabinete de António Costa.
 

 
A descida da taxa do ISP (Imposto sobre os Produtos Petrolíferos) num valor correspondentes à receita adicional do IVA que o Estado cobra devido ao aumento dos preços dos combustíveis foi anunciada como uma medida para mitigar o impacto da atual crise energética no rendimento das famílias e empresas.

O apoio fiscal através mecanismo que procura devolver aos consumidores os ganhos fiscais no IVA, através do ISP, entrou em vigor em maio, com um custo estimado de mais de 80 milhões por mês, e termina hoje com os consumidores a aguardarem a decisão do governo quanto ao prolongamento da medida e em que moldes. Finanças não avançam se prolongam mecanismo de compensação ou se vão adotar novas medidas para neutralizar agravamento fiscal.
 

 
O antigo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho vai ser hoje ouvido como testemunha pelo juiz Ivo Rosa em sessão da fase de instrução do processo BES/GES, no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), em Lisboa.

Segundo um despacho do juiz de instrução, de 11 de maio, o ex-primeiro-ministro vai prestar declarações a partir das 14:00, após a defesa do ex-banqueiro Ricardo Salgado ter prescindido da inquirição do antigo governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, cujo depoimento estava inicialmente previsto para as 16:00.
 

 
A cimeira da NATO termina na quinta-feira em Madrid já com um novo Conceito Estratégico aprovado para a próxima década, no qual declara a Rússia como a maior e mais direta ameaça à segurança da Aliança Atlântica.

Numa cimeira dominada e condicionada pela ofensiva russa à Ucrânia, iniciada em 24 de fevereiro, a agenda do segundo e último dia de trabalhos do encontro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO, na sigla em inglês) termina com uma sessão na qual vários países, como é o caso da anfitriã Espanha, esperam que os 30 chefes de Estado e de governo olhem para o designado “flanco sul”.
 

 
Os contribuintes têm até hoje ao final do dia para entregarem a declaração anual de IRS, sendo este o prazo limite para todas as categorias de rendimentos auferidas em 2021 e sujeitas a este imposto. Para este ano, está previsto um prazo médio de reembolso mais curto que por chegar aos 12 dias para o IRS automático.

Quase dois terços dos contribuintes estão potencialmente abrangidos pela declaração automática, que no ano passado foi pela primeira vez alargada aos trabalhadores independentes que se encontram no regime simplificado e que em 2021 passado tenham emitido as correspondentes faturas exclusivamente através do Portal das Finanças. Com o alargamento do IRS automático, este passará a estar acessível a cerca de três milhões de agregados familiares.
 

 
O presidente da Câmara do Montijo defendeu esta quarta-feira que o novo aeroporto no concelho é uma “necessidade urgente” e reafirmou a convicção de que a alternativa do Campo de Tiro de Alcochete “pode demorar até 15 anos”.

“O Montijo é uma urgência imediata. Já o era antes, em 2019, mas hoje torna-se demasiado evidente que é uma escolha necessária e urgente para resolver o problema da incapacidade aeroportuária de Lisboa. Essa resposta mais rápida, mais urgente e mais célere, só consegue ser dada com o Montijo”, disse Nuno Canta.

Recomendadas

Atlético de Madrid contrata novo craque, mas não é para jogar à defesa

Luva de Pedreiro, nome artístico de Iran Ferreira, ganhou fama nas redes sociais ao partilhar vídeos onde mostra as suas capacidades com a bola de futebol nos pés.

O modelo de negócio para o futebol do empresário americano que esteve interessado no Benfica

John Textor apresenta um modelo que poderá permitir baixar os custos com transferências e contratos dos atletas, na procura de fazer frente aos clubes mais ricos. O empresário presente nos campeonatos de Inglaterra, Brasil e Bélgica e agora parece próximo de chegar à liga francesa.

Liga Portugal lança campanha contra o ódio no futebol

“Mais Futebol, Menos Ódio” é o nome da nova campanha de sensibilização sobre as manifestações de ódio aos intervenientes do jogo. Será notória ao longo de toda a segunda jornada das competições profissionais.
Comentários