JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira, 29 de setembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta quinta-feira.

 

Ouça e acompanhe o podcast “JE Notícias” em:

Spotify | Google Podcasts | Apple Podcasts

 

 
A confiança dos consumidores em Portugal atingiu o valor mais baixo desde abril de 2020, de acordo com um boletim divulgado esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística.

“O indicador de confiança dos Consumidores diminuiu em setembro, atingindo o valor mais baixo desde o início da pandemia em abril de 2020 e situando-se num nível inferior ao observado em março quando se verificou a segunda queda mais intensa da série. A evolução do indicador resultou do contributo negativo de todas as componentes, opiniões e expectativas relativas à situação financeira do agregado familiar, perspetivas sobre a evolução futura da situação económica do país e da realização de compras importantes por parte das famílias”, refere o organismo de estatísticas sobre o Inquérito Qualitativo de Conjuntura aos Consumidores (IQCC).
 

 
O indicador do sentimento económico voltou, em setembro, a recuar tanto na zona euro quanto na União Europeia (UE), pelo oitavo mês consecutivo, segundo dados da Comissão Europeia, hoje divulgados.

De acordo com dados da Direção-geral dos Assuntos Económicos e Financeiros do executivo comunitário, em setembro, o sentimento económico recuou 3,6 pontos para os 93,7 na zona euro e 3,5 para os 92,6 pontos na UE.
 

 
A sede da Presidência do Conselho de Ministros, em Lisboa, está a ser alvo de buscas esta manhã pela Polícia Judiciária, segundo a CNN Portugal, devido a suspeitas de corrupção que envolvem o secretário-geral do departamento.

David Xavier será um dos visados, sobre o qual recaem suspeitas de corrupção e de “outros crimes associados à violação de regras de contratação pública a empresas privadas, de bens e serviços para o Governo.
 

 
As ações da Porsche entraram hoje na bolsa de Frankfurt na maior oferta pública inicial (IPO) da última década na Europa e que avalia a fabricante de automóveis de luxo alemã em 75 mil milhões de euros.

Apesar do momento de forte turbulência nas bolsas, a Volkswagen vendeu 911 milhões de ações (12,5% do capital) da Porsche SE no topo do intervalo pré-definido (82,5 euros), tirando partido da forte procura dos investidores e do compromisso de investimento por parte de institucionais de relevo, como o fundo do banco central da Noruega e o fundo soberano do Qatar, segundo relata a BA&N Unit Research.
 

 
O presidente do Banco Mundial (BM), David Malpass, disse ver como provável um cenário de recessão na Europa, considerando ser possível que demore anos ao mundo conseguir alternativas energéticas à Rússia.

Malpass definiu na quarta-feira a situação macroeconómica global como uma “tempestade perfeita”, capaz de levar a uma situação de ‘estagflação’, ou seja, alta inflação e baixo ou nenhum crescimento económico.
 

 
A Iniciativa Liberal apresentou um conjunto de medidas para o desenvolvimento da zona norte da Madeira. O partido considera que o norte da região “não pode ser esquecido” e defende a criação da Agência Regional de Desenvolvimento do Norte da Madeira (ARDENOR).

A força partidária considera que é preciso criar condições para que as pessoas se instalem e se fixem no norte da Madeira.
 

 
A Guarda Costeira sueca confirmou hoje ter descoberto uma nova fuga de gás, de menor dimensão, do gasoduto Nord Stream 2 no Mar Báltico, elevando o número de fugas dos dois gasodutos russos para quatro.

“Há duas fugas do lado sueco e duas fugas do lado dinamarquês”, disse um oficial da Guarda Costeira à agência de notícias France-Presse.
 

 
O Conselho Nacional do PSD vai reunir-se hoje à noite, em Lisboa, no primeiro encontro do órgão máximo do partido entre congressos desde que Luís Montenegro assumiu a presidência dos sociais-democratas, no início de julho.

A reunião, que terá o habitual ponto de análise da situação política, vai acontecer no final de um dia que deverá ficar marcado pelo debate sobre política geral com o primeiro-ministro, António Costa, no parlamento.
 

 
A ministra do Trabalho não quis revelar esta quarta-feira que valor terá o salário mínimo nacional em 2023, mas sinalizou que o objetivo do Governo é que os trabalhadores que recebem esse ordenado não percam poder de compra no próximo ano. Em declarações aos jornalistas à saída de uma reunião com os parceiros sociais, Ana Mendes Godinho abriu, assim, a porta a que, afinal, a retribuição mínima garantida suba mais do que os 45 euros inicialmente indicados pelo Executivo.

No encontro desta tarde da Comissão Permanente da Concertação Social, o Governo apresentou mais de duas dezenas de propostas às confederações patronais e às centrais sindicais, no âmbito do acordo de rendimentos e competitividade. Entre elas está um referencial de 4,8% para as atualizações salariais anuais até 2026, bem como um aumento do salário mínimo nacional com um “diferencial adicional para compensar os impactos da inflação”.
 

 
A Sonaecom pôs oficialmente fim à parceria que tinha com a empresária angolana Isabel dos Santos. A empresa liderada por Cláudia Azevedo informou esta quarta-feira o mercado de que a sua subsidiária resolveu o Acordo Parassocial que regia as relações entre as acionistas da Zopt e a amortização da sua participação na Zopt e, consequente, imputou à Sonaecom uma participação representativa de 26,075% do capital da NOS.

“À Sonae passa a ser imputada uma participação na NOS de cerca de 36,8% do capital social e dos direitos de voto nessa sociedade, por efeito da participação direta no capital e direitos de voto na NOS de que a Sonae é titular e da imputação indireta dos votos relativos à referida percentagem de 26,075% que, uma vez concluídos os trâmites, passará a ser diretamente detida pela sua subsidiária Sonaecom”, detalha a dona do Continente.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Portugal é o terceiro favorito a ganhar o Mundial, prevê casa de apostas

Após o triunfo por 6-1 frente à Suíça, resultado que colocou Portugal no caminho de Marrocos nos quartos-de-final do Mundial, a Seleção comandada por Fernando Santos é agora a terceira favorita a ganhar a competição, empatada com a Argentina e a Inglaterra.

Respostas Rápidas: Que jogadores de Portugal mais podem valorizar neste Mundial?

Da baliza ao ataque, da Luz ao Dragão passando por Madrid, a prestação da Seleção portuguesa no Mundial pode dar muito a ganhar em 2023, sobretudo aos clubes que “emprestam” os seus melhores ativos para a prova de seleções de excelência a nível mundial. Saiba que jogadores poderão sair mais valorizados com a promessa das milhões para o fecho de contas do primeiro semestre da temporada.
Comentários