JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira, 23 de janeiro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira.

 

Ouça e acompanhe o podcast “JE Notícias” em:

Spotify | Google Podcasts | Apple Podcasts

Desde abril que o número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) não estava acima dos 300 mil, barreira que voltou a ser ultrapassada no último mês de 2022.

De acordo com os dados divulgados esta segunda-feira, em dezembro, havia 307 mil indivíduos desempregados em Portugal, mais 3,5% do que no mês anterior. Esta foi a quinta subida em cadeia consecutiva do desemprego registado, numa altura em que os empregadores enfrentaram diversos desafios, como a escalada dos custos da energia.

Numa nota, a Câmara de Setúbal, presidida por André Martins (CDU), admite que os seus serviços foram alvo de buscas pela PJ “em processos relacionados com contratação pública na área do urbanismo”.

“A Câmara Municipal está a dar toda a colaboração à PJ e dará todos os esclarecimentos necessários solicitados pelas autoridades competentes”, acrescenta a autarquia.

Portugal foi dos países europeus onde o rácio da dívida pública face ao Produto Interno Bruto (PIB) mais caiu no terceiro trimestre, em comparação com os três meses anteriores. Em causa está uma redução de 3,3 pontos percentuais, mantendo-se, ainda assim, a dívida portuguesa entre as mais pesadas do Velho Continente.

De acordo com os dados divulgados esta segunda-feira pelo Eurostat, entre julho e setembro, o rácio da dívida pública em relação ao PIB situou-se na zona euro em 93%, abaixo dos 94,2% registados no trimestre anterior. Também na União Europeia (UE) verificou-se um recuo: nesse caso, de 86,4% para 85,1%.

O atual ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, detém uma sociedade imobiliária com o sócio Almeida Lagoa, que já foi condenado por fraude fiscal, revela a “CNN Portugal”. Outro sócio da empresa, Silva Barão, esteve envolvido num negócio que lesou o fundo de resolução do Novo Banco em 260 milhões de euros.

Gomes Cravinho detém mil euros na sociedade Eurolocarno e Almeida Lagoa uma quota de 500 euros na mesma empresa. O ministro tornou-se sócio em novembro de 2020.

As sucessivas greves de professores e pessoal não docente, bem como os protestos, que têm acontecido desde o passado dia 9 de dezembro, levaram a um aumento das inscrições nos colégios privados para o próximo ano letivo, revela o “Diário de Notícias”.

O diretor executivo da Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP), Rodrigo Queiroz e Melo, afirmou à publicação que “muitos colégios já fecharam as pré-inscrições” para o ano letivo que se inicia em setembro.

A ex-administradora da TAP, Alexandra Reis, pode não ser obrigada a devolver os 500 mil euros que recebeu de indemnização quando foi convidada a sair da companhia aérea de bandeira, revela o “Correio da Manhã”.

Mesmo que a Inspeção-Geral de Finanças conclua que a indemnização é ilegal, quando terminar a auditoria, a responsabilidade do pagamento do valor indemnizado é da administração da TAP ou do Ministério das Finanças. Isto é, Alexandra Reis não tinha de saber se o Ministério das Finanças (no qual esteve 25 dias enquanto Secretária de Estado do Tesouro após sair da TAP) e o Estado autorizaram o valor e não poderá ser prejudicada.

A equipa do Ministério da Saúde, liderada pelo ministro Manuel Pizarro, vai hoje percorrer todos os concelhos do Algarve, no âmbito da iniciativa “Saúde Aberta” que visa conhecer os projetos em curso e identificar necessidades nas unidades do SNS.

O Ministério da Saúde adianta em comunicado que a visita do ministro da Saúde, da secretária de Estado da Promoção da Saúde, Margarida Tavares, e do secretário de Estado da Saúde, Ricardo Mestre, aos 16 concelhos algarvios é a primeira edição desta iniciativa que terá “um caráter periódico e visitará todos os distritos do país”.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, estará presente no Conselho de Negócios Estrangeiros, que decorre amanhã, segunda-feira, em Bruxelas, estando a invasão russa da Ucrânia novamente entre os principais pontos da agenda.

Num comunicado enviado este domingo à comunicação social, o gabinete dos Negócios Estrangeiros indica que os 27 chefes da diplomacia da União Europeia (UE) vão fazer um “ponto de situação sobre a agressão da Rússia contra a Ucrânia, sobre o Sahel e sobre os países costeiros da África Ocidental”.

A candidata derrotada à liderança da IL Carla Castro garantiu hoje que não será oposição a Rui Rocha, com quem promete colaborar, considerando que o partido sai da convenção “mais forte” e “não vai voltar a ser o mesmo”.

Em declarações à agência Lusa à saída da VII Convenção Nacional da IL, na qual teve 44% dos votos dos liberais, mas foi derrotada pelos 51,7% de Rui Rocha – o terceiro candidato José Cardoso teve 4,3% – Carla Castro defendeu que o seu resultado prova que a candidatura da sua lista “era precisa”.

O deputado Rui Rocha foi hoje eleito o novo presidente da IL, tendo a moção apresentada pela sua lista à comissão executiva alcançado 51,7% dos votos.

À sucessão de João Cotrim Figueiredo apresentaram-se, pela primeira vez na história do partido, mais do que uma lista e disputaram a liderança os deputados e dirigentes Rui Rocha e Carla Castro e o conselheiro nacional José Cardoso na VII Convenção Nacional da IL, que termina hoje em Lisboa.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira, 7 de fevereiro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta terça-feira.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira, 6 de fevereiro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira.
Comentários