JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira, 1 de junho

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta sexta-feira.

MIGUEL A. LOPES/LUSA

 

Ouça e acompanhe o podcast “JE Notícias” em:

Spotify | Google Podcasts | Apple Podcasts

 

 
André Ventura justificou a apresentação de moção de censura com um conjunto de situações que passam pelo “caos absoluto na saúde”, as opções do Governo face ao aumento dos preços dos combustíveis, culminando no “ato politicamente mais grave” envolvendo o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, que, disse, “acabou politicamente” na quinta-feira.

“Se forem substituídos os ministros da Saúde e das Infraestruturas, o Chega retirará a moção de censura”, declarou André numa conferência de imprensa na Assembleia da República no dia em que começa o 40.º Congresso do PSD e em que, por esse motivo, não há trabalhos parlamentares.
 

 
A dívida pública portuguesa aumentou 1,3 mil milhões de euros em maio, informa o Banco de Portugal (BdP), chegando aos 280,4 mil milhões de euros e fixando novos máximos, depois de já ter quebrado recordes no mês anterior.

“Este acréscimo refletiu, essencialmente, o empréstimo concedido pela Comissão Europeia ao abrigo do Mecanismo de Recuperação e Resiliência (0,6 mil milhões). Adicionalmente, registaram-se emissões líquidas positivas de títulos de dívida (0,4 mil milhões de euros) e o aumento de responsabilidades em depósitos (0,3 mil milhões)”, explica a nota informativa do BdP.
 

 
“Entendemos, neste momento, mostrar-se adequada e proporcional fixar a periodicidade das referidas apresentações em quinzenais. Assim sendo, decide-se (…) que o arguido aguarde os ulteriores termos do processo sujeito a TIR (já prestado) e à medida de coação de obrigação de efetuar apresentações quinzenais na esquadra/posto policial da área da respetiva residência”, lê-se no despacho da juíza.

O agravamento das medidas de coação do antigo governante foi pedido pelo Ministério Público (MP) na sequência da divulgação de viagens ao Brasil por José Sócrates por um período superior a cinco dias sem comunicar ao tribunal, quando lhe foi aplicado a medida de coação de TIR no processo Operação Marquês. O TIR prevê que um arguido saiba da obrigação de não mudar de residência nem se ausentar por mais de cinco dias sem comunicar essa situação ao tribunal.
 

 
Mais um mês de subida de preços na zona euro, com a taxa de inflação a avançar para 8,6% em termos homólogos em junho, segundo a estimativa rápida publicada pelo Eurostat esta sexta-feira. Este é um novo recorde absoluto no bloco da moeda única, onde a crise energética e as dificuldades logísticas globais têm levado a subidas consecutivas do indicador.

A pressão nos preços adensa-se, com a inflação a acelerar novamente depois de ter atingido 8,1% no mês anterior. Ainda assim, os analistas apontavam para uma subida menos expressivo, com o levantamento do portal TradingEconomics a antecipar 8,4%.
 

 
O polémico despacho de Pedro Nuno Santos a alterar a solução aeroportuária para a região de Lisboa já foi revogado. Foi este documento que gerou uma mini-crise no Governo socialista e que levantou a hipótese de o ministro ser demitido, o que acabou por não acontecer.

O despacho n.º 7980-C/2022 determina a ” definição de procedimentos relativos ao desenvolvimento da avaliação ambiental estratégica do Plano de Ampliação da Capacidade Aeroportuária da Região de Lisboa”.
 

 
A Ibersol informou sobre negociações relativas à oferta de aquisição dos restaurantes Burger King. O comunicado ao mercado decorre do facto de a 13 de junho ter comunicado como prazo para as negociações o dia 30 de junho.

A Ibersol informou na altura que o seu conselho de administração “deliberou dar continuidade às negociações com a Restaurant Brands Iberia com relação à potencial aquisição dos restaurantes da insígnia Burger King em Portugal e Espanha, na sequência da análise da oferta vinculativa revista recebida da parte da RBI”.
 

 
A segunda fase da operação ‘Fora de Jogo’, onde o fisco investiga atos suscetíveis de configurar crimes de fraude fiscal, levou à constituição de cinco arguidos, de entre agentes ou intermediários, e dirigentes desportivos, sendo que dois são pessoas coletivas, revela o Relatório de Combate à Fraude e Evasão Fiscais e Aduaneiras com o balanço de 2021 ontem entregue no Parlamento.

Os novos arguidos juntam-se aos 129 que tinham sido avançados no último balanço da Autoridade Tributária (AT). Fisco diz que ilícitos criminais tributários poderão ter resultado na lesão da receita do Estado “em vários milhões de euros”.
 

 
O preço da eletricidade desce hoje 2,6% para as 921 mil famílias que se encontram no mercado regulado.

A descida foi anunciada em meados de junho pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).
 

 
O FC Porto comunicou oficialmente à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a saída do médio internacional português Vitinha, para os franceses do Paris Saint-Germain, por 41,52 milhões de euros. O valor é ligeiramente superior ao valor da clausula de rescisão – 40 milhões de euros.

“A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, nos termos do artigo 29º Q do Código dos Valores Mobiliários, vem informar o mercado que chegou a acordo com o Paris Saint-Germain FC (PSG)
para a cedência, a título definitivo, dos direitos de inscrição desportiva do jogador profissional de futebol Vitor Ferreira (“Vitinha”) pelo valor de 41,525M€ (quarenta e um milhões, quinhentos
e vinte e cinco mil euros)”, lê-se no comunicado divulgado pela CMVM.

Recomendadas

Atlético de Madrid contrata novo craque, mas não é para jogar à defesa

Luva de Pedreiro, nome artístico de Iran Ferreira, ganhou fama nas redes sociais ao partilhar vídeos onde mostra as suas capacidades com a bola de futebol nos pés.

O modelo de negócio para o futebol do empresário americano que esteve interessado no Benfica

John Textor apresenta um modelo que poderá permitir baixar os custos com transferências e contratos dos atletas, na procura de fazer frente aos clubes mais ricos. O empresário presente nos campeonatos de Inglaterra, Brasil e Bélgica e agora parece próximo de chegar à liga francesa.

Liga Portugal lança campanha contra o ódio no futebol

“Mais Futebol, Menos Ódio” é o nome da nova campanha de sensibilização sobre as manifestações de ódio aos intervenientes do jogo. Será notória ao longo de toda a segunda jornada das competições profissionais.
Comentários