JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira, 11 de novembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta sexta-feira.

 

Ouça e acompanhe o podcast “JE Notícias” em:

Spotify | Google Podcasts | Apple Podcasts

 

 
A Comissão Europeia reviu hoje em forte baixa as perspetivas de crescimento da economia europeia em 2023, antecipando uma contração significativa, com uma subida do PIB de apenas 0,3% tanto na zona euro como no conjunto da União Europeia.

Comparativamente às anteriores previsões de verão, publicadas em meados de julho, Bruxelas revê em alta as perspetivas de crescimento para este ano, depois de um desempenho acima do esperado no primeiro semestre, projetando agora que o Produto Interno Bruto (PIB) progrida 3,2% na zona euro e 3,3% na UE – quando há quatro meses previa crescimentos de 2,6% e 2,7% respetivamente.
 

 
A Comissão Europeia reviu hoje em ligeira alta o crescimento do PIB português para este ano, para 6,6%, mas antecipa que em 2023 cresça somente 0,7%, muito abaixo das suas anteriores projeções e abaixo das do Governo.

Relativamente às anteriores previsões de verão, publicadas em meados de julho, Bruxelas acrescenta 0,1 pontos percentuais às perspetivas de crescimento da economia portuguesa em 2022, de 6,5 para 6,6% (o segundo maior do espaço da moeda única, apenas atrás da Irlanda, de 7,9%), mas revê em forte baixa as expectativas para o próximo ano, já que há quatro meses apontava para uma expansão de 1,9% e agora só espera 0,7%.
 

 
Cerca de 43 mil crianças beneficiaram da gratuitidade das creches em outubro, revelou esta sexta-feira a ministra do Trabalho, que está a ser ouvida pela Comissão de Orçamento e Finanças, no âmbito da discussão na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2023.

“Em setembro, tínhamos 37 mil crianças abrangidas pela gratuitidade das creches. Em outubro, tivemos 43 mil crianças. Portanto, num mês, temos mais seis mil crianças a beneficiar da gratuitidade das creches, o que mostra também a grande capacidade de implementação no terreno [desta medida]”, sublinhou a governante, na sua intervenção inicial.
 

 
O líder da Ação Democrática Independente (ADI), Patrice Trovoada, toma hoje posse como primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, após as eleições legislativas de 25 de setembro, que venceu com maioria absoluta.

O novo primeiro-ministro foi nomeado por decreto presidencial na quinta-feira, depois de o seu partido, a ADI, ter vencido as legislativas com maioria absoluta de 30 deputados, de um total de 55 lugares na Assembleia Nacional.
 

 
O PSD quer reforçar os poderes do Presidente da República na Constituição, permitir o acesso a metadados com controlo judicial e consagrar a possibilidade de ser decretado o estado de emergência por razões de saúde pública.

No Conselho Nacional do PSD, o partido distribuiu um documento de oito páginas com as 40 propostas de revisão da Constituição – o articulado do projeto-lei só deverá ser conhecido na sexta-feira –, algumas das quais destacadas pelo presidente do partido, Luís Montenegro, na sua intervenção inicial de 45 minutos, aberta à comunicação social.
 

 
O prazo para a entrega de propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2023 (OE2023) termina hoje às 18:00, sendo que na quinta-feira à tarde já tinham sido apresentadas mais de 800.

De acordo com a página da Assembleia da República, às 16:30 desta quinta-feira, tinham dado entrada 829 propostas de alteração, o que compara com as 1.486 propostas entregues no âmbito da discussão do Orçamento do Estado para 2022.
 

 
Segundo as fontes governamentais, citadas pela agência Associated Press (AP), o pacote de ajuda conterá grandes quantidades de munições e, pela primeira vez, sistemas de defesa aérea Avenger, altamente móveis.

As autoridades acrescentaram que haverá munições para os Sistemas de Artilharia de Alta Mobilidade, conhecidos como HIMARS, que a Ucrânia têm utilizado com sucesso na sua contraofensiva frente à Rússia.
 

 
“Ninguém está acima da lei”. Foi desta forma que António Costa abordou a saída do seu secretário de Estado Adjunto, Miguel Alves, que esta quinta-feira, 10 de novembro, apresentou a demissão do cargo na sequência da acusação de prevaricação por parte do Ministério Público (MP).

“Mal se soube que houve a acusação, imediatamente me disse que ia apresentar a demissão”, referiu o primeiro-ministro aos jornalistas à margem da reunião magna do Partido Socialista.

Recomendadas

Portugal perde com Coreia do Sul e Paulo Bento está nos ‘oitavos’ do Mundial2022

Portugal conquistou hoje o Grupo H do Mundial de futebol de 2022, apesar de perder por 2-1 com a Coreia do Sul, de Paulo Bento, que se qualificou para os ‘oitavos’, eliminando Uruguai e Gana.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.

“A Arte da Guerra”. “O Qatar acabou por ser vítima da sua própria ambição”

Poderão os protestos relativos ao Qatar ser uma alavanca no sentido da mudança da estrutura da sociedade do país? O primeiro mundial jogado no Médio Oriente colocou todas contradições deste pequeno país debaixo do foco internacional. Veja a análise de Francisco Seixas da Costa no programa da plataforma multimédia JE TV.
Comentários