JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira, 18 de novembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta sexta-feira.

 

Ouça e acompanhe o podcast “JE Notícias” em:

Spotify | Google Podcasts | Apple Podcasts

 

 
Com a inflação em níveis históricos, a economia portuguesa está a abrandar. O Produto Interno Bruto (PIB) desacelerou, no terceiro trimestre de ano, e os indicadores de curto prazo relativos à atividade económica, na perspetiva da produção, também apontam para um abrandamento, destaca esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com a nota divulgada esta manhã, o PIB nacional cresceu 4,9%, entre julho e setembro. Ora, no trimestre anterior, tinha subido mais de 7% , o que significa que se verificou agora uma desaceleração.
 

 
Está cumprida a primeira das medidas negociadas entre o Governo e os sindicatos, no âmbito do acordo plurianual para a valorização dos rendimentos dos funcionários públicos. Foi publicada esta sexta-feira a portaria que atualiza o subsídio de refeição dos trabalhadores da Administração Pública para 5,20 euros, com efeitos retroativos a 1 de outubro deste ano.

Segundo nota o Executivo no diploma publicado em Diário da República, desde 2016 que o subsídio de refeição aplicado aos trabalhadores do Estado não era atualizado.
 

 
“As análises que foram realizadas mostram restos de explosivos e foram descobertos vários objetos estranhos”, disse hoje o procurador sueco Mats Ljunggvist, num comunicado.

O procurador é responsável pelo inquérito preliminar que decorre na Suécia sobre as quatro fugas de gás descobertas nos gasodutos, no passado mês de setembro.
 

 
Kamala Harris, que se encontra em Banguecoque, na Tailândia, a participar na cimeira da Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC), vai reunir-se com os cinco líderes para uma consulta “sobre o recente lançamento de um míssil balístico da RPDC [República Popular Democrática da Coreia]”, disse fonte da Casa Branca, citada pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A Coreia do Norte disparou hoje um míssil balístico intercontinental, que caiu no mar, em águas da Zona Económica Exclusiva (ZEE) do Japão, anunciou hoje o Ministério da Defesa nipónico.
 

 
“No seguimento do aviso prévio de greve para período de 18 a 29 de novembro, é expectável que possam surgir penalizações ou eventuais supressões de comboios, em especial nos períodos das 7h00 às 8h00 e das 17h00 às 18h00”, referiu.

Prevê-se ainda “que essas penalizações possam ter repercussões ao longo do dia”, avisou a mesma fonte.
 

 
Os funcionários públicos levam a cabo esta sexta-feira uma greve contra a “política de empobrecimento” adotada pelo Governo. A paralisação foi convocada pela Frente Comum, a única das três estruturas sindicais da Administração Pública que ficou de fora do acordo plurianual de valorização dos salários.

“O Governo quer continuar a impor uma política de empobrecimento dos trabalhadores da Administração Pública. Todos os trabalhadores que não ganham o salário mínimo já perderam, desde que começou a subir o salário mínimo, 276 euros, porque não se atualizaram as tabelas remuneratórias. O que o Governo oferece são 52 euros. Em cima disto, estamos num mês em que a inflação [atingiu] 10% e o que sabemos é que o Governo, em relação à reposição do poder de compra não quer fazer nada”, sublinha Sebastião Santana, líder da Frente Comum.
 

 
Na nota, o executivo indicou que “foi aprovada uma resolução que determina o encerramento do processo para a alienação das ações da Efacec Power Solutions, SGPS, S. A., objeto do processo de reprivatização, e que aprova o caderno de encargos para um novo processo de reprivatização”.

No dia 28 de outubro, o executivo anunciou que a venda da Efacec ao grupo DST não foi concluída “dado não se terem verificado todas as condições necessárias à concretização” do acordo de alienação.
 

 
“Sexta presença em 2026? Vai ser difícil. Se será o meu último Mundial? Provavelmente. Estou muito otimista. Temos um treinador fantástico e uma grande geração de jogadores. Estou convicto de que vamos fazer um grande Mundial2022”, frisou o capitão da seleção nacional, na segunda parte da entrevista concedida a uma estação televisiva britânica.

A 22.ª edição da prova realiza-se no Qatar, entre domingo e 18 de dezembro, em plena temporada 2022/23, com Portugal a encarar Gana (24 de novembro), Uruguai (dia 28) e Coreia do Sul (02 de dezembro), orientada pelo treinador luso Paulo Bento, no grupo H.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.

Mundial2022: Fernando Santos admite “azia” de Ronaldo, mas nega eventual abandono

O selecionador português de futebol, Fernando Santos, admitiu hoje que Cristiano Ronaldo ficou insatisfeito quando soube que seria suplente frente à Suíça, mas negou que o avançado tenha manifestado vontade de abandonar a concentração lusa no Mundial2022.

Surfista Teresa Bonvalot suplente no circuito mundial de 2023

A olímpica portuguesa Teresa Bonvalot vai ser suplente do circuito principal da Liga Mundial de Surf (WSL) de 2023, competição que vai passar por Peniche entre 08 e 16 de março, anunciou hoje a organização, em comunicado.
Comentários