J+Legal assessorou Transportes Paulo Duarte na aquisição das sociedades do grupo Hurtrans e da Hijos

A sociedade de advogados J+Legal assessorou juridicamente a Transportes Paulo Duarte nas operações cross border, concluídas na passada semana, de aquisição da totalidade do capital social das sociedades Tank Hurt e Cisternas Hurtrans (grupo Hurtrans), bem como na tomada de uma participação de controlo na sociedade Hijos de Román Bono Guarner”,

É a primeira transacção de M&A cross border da J+Legal, o novo escritório de advogados de Jorge Brito Pereira, Jaime Carvalho Esteves, José Diogo Horta Osório e Sofia Matos.

“A sociedade de advogados J+Legal assessorou juridicamente a Transportes Paulo Duarte nas operações cross border, concluídas na passada semana, de aquisição da totalidade do capital social das sociedades Tank Hurt e Cisternas Hurtrans (grupo Hurtrans), bem como na tomada de uma participação de controlo na sociedade Hijos de Román Bono Guarner”, diz a sociedade em comunicado. A Transportes Paulo Duarte é um dos líderes do sector do transporte de mercadorias em Portugal.

As três sociedades estão sediadas em Alicante, Espanha, e dedicam-se ao transporte rodoviário nacional e internacional de mercadorias. No cômputo global, a Tank Hurt, a Cisternas Hurtrans e a Hijos de Román Bono Guarner contam com cerca de 240 trabalhadores e ainda com uma frota de 290 cisternas, 23 camiões rígidos e 215 camiões-tratores.

“Participaram na transação as equipas de Societário e M&A e Tax, coordenadas, respetivamente, pelos sócios José Diogo Horta Osório e Jaime Carvalho Esteves, contando ainda com a intervenção dos associados sénior Lourenço Côrte-Real e Manuel da Gama Quaresma e ainda da advogada-estagiária Carolina Serrano Correia. As operações contaram ainda com a assessoria jurídica e fiscal da PricewaterhouseCoopers Tax & Legal de Espanha, enquanto local counsel”, segundo o comunicado.

“A J+Legal tem vindo a acompanhar a Transportes Paulo Duarte em diversas áreas e, em particular, no seu processo de expansão e internacionalização do seu negócio, através da aquisição das referidas sociedades”, refere a sociedade.

Recomendadas

PremiumMudar modelo de negócio é uma opção para enfrentar “a maré de incertezas”

Empresas que não entendam o cenário macroeconómico enfrentam um futuro sombrio, alerta o CEO da DFK International. Consultoras “devem somar serviços”, diz em entrevista ao JE.

“Falar Direito”. “Renegociação? Medida deveria abranger outro tipo de créditos mais onerosos”

Na última edição do programa da plataforma multimédia JE TV, advogado Francisco Barona, sócio do departamento financeiro e governance da Sérvulo, considerou que o diploma referente à renegociação do crédito à habitação deveria ser mais abrangente, tendo em conta a contração de outros créditos mais onerosos.

Menezes Leitão perde reeleição, novo bastonário dos advogados será eleito em segunda volta

Os candidatos a bastonário dos advogados Paulo Pimenta e Fernanda de Almeida Pinheiro vão disputar a segunda volta na eleição para o cargo, entre 13 e 15 de dezembro, derrotando o incumbente e recandidato a bastonário Menezes Leitão.
Comentários