PremiumJoe Berardo chama Faria de Oliveira e Paulo Macedo como testemunhas

Novos nomes de testemunhas contra Caixa Geral de Depósitos, BCP e Novo Banco, que estão em tribunal a tentar recuperar quase mil milhões, juntam-se ao de Vítor Constâncio.

O empresário e colecionador de arte Joe Berardo vai chamar Paulo Macedo e Faria de Oliveira como testemunhas no processo judicial em que são reclamados quase mil milhões de euros de dívidas por parte da CGD, BCP e Novo Banco, revelou ao Jornal Económico fonte próxima ao processo. Aos nomes destas testemunhas contra os bancos junta-se o do ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, que será também chamado como testemunha, “mesmo que hostil”.

Segundo a mesma fonte, o atual líder da Caixa será chamado na qualidade de antigo vice-presidente do BCP que participou na reestruturação dos créditos de Berardo, em 2008. Data em que também o então presidente do banco público, Faria de Oliveira, deu ‘luz verde’ à reestruturação de créditos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

Banco de Portugal mantém a zero a exigência aos bancos de um “reserva contracíclica de fundos próprios”

O Banco de Portugal revelou o tradicional comunicado sobre a reserva contracíclica de fundos próprios, desta vez relativa ao 4.º trimestre de 2022. O supervisor vai manter a dispensa de constituição de reserva contracíclica para a banca no quatro trimestre deste ano, à semelhança do que sucedeu nos anteriores.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários