Jornal Económico foi alvo de ataque informático

O JE foi hoje alvo de um ataque informático, com o envio de phishing através de endereços de email semelhantes aos utilizados pelo jornal. Pedimos desculpa por eventuais incómodos causados. Os dados dos assinantes e dos subscritores das nossas newsletters não foram colocados em risco por este ataque.

O Jornal Económico foi hoje alvo de um ataque informático, com o envio de phishing através de endereços de email semelhantes aos utilizados pelo jornal (com a extensão @jornaleconomico.pt). Os emails em questão contêm links para sites ou ficheiros maliciosos, que não devem ser abertos.

O Jornal Económico pede a todas as pessoas que recebam estes emails que os apaguem imediatamente. Pedimos ainda que, caso necessite de contactar com a nossa equipa, o faça através do telefone 217655300 ou diretamente com o seu contacto no Jornal.

A equipa informática do Jornal Económico está neste momento a averiguar a origem do ataque, bem como a extensão dos prejuízos causados. No entanto, foi já possível confirmar que os dados dos assinantes do Jornal Económico e dos subscritores das nossas newsletters não se encontram em risco. A edição diária e as outras newsletters do Jornal Económico, que são enviadas através da plataforma de um parceiro tecnológico, podem ser abertas sem qualquer risco para os leitores.

Aos nossos leitores, parceiros e anunciantes, bem como a outras pessoas e instituições que tenham recebido estes emails, pedimos desculpa por quaisquer incómodos provocados por esta situação que lamentamos.

Esperamos que a situação fique normalizada nos próximos dias.

 

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Luso-alemã Annea recebe um milhão para contratar e investir no hidrogénio verde

A empresa de Hamburgo criou um software de manutenção preditiva que analisa o estado de saúde de parques solares e torres eólicas para impedir que falhem mesmo ou tenham um desempenho inferior ao normal.

Grupo Pestana encerrou 2021 com lucros de 23 milhões de euros

Grupo hoteleiro contrariou assim os prejuízos de 32 milhões de euros verificados no ano anterior.
Comentários