Juros da dívida caem a dois e a cinco anos e caem a 10 anos

Os juros da dívida portuguesa estavam esta sexta-feira a descer a dois, a cinco e a 10 anos em relação a quinta-feira, alinhados com os da Grécia e de Itália.

Às 08:25 em Lisboa, os juros a 10 anos recuavam para 0,283%, contra 0,297% na quinta-feira, depois de terem terminado em terreno negativo nas sessões de 08, 11 e 15 de janeiro, contra o atual mínimo de sempre, de -0,059%, verificado em 15 de dezembro de 2020.

Os juros a 10 anos também estiveram em terreno negativo entre 08 e 16 de dezembro do ano passado.

No mesmo sentido, os juros a cinco anos baixavam para -0,376%, contra -0,361% na quinta-feira, depois de terem recuado para o atual mínimo de sempre, de -0,506%, em 15 de dezembro de 2020.

Os juros a dois anos também desciam, para -0,700%, contra -0,691% na quinta-feira e o mínimo de sempre, de -0,814%, em 29 de novembro.

Os juros de Espanha subiam a dois anos e desciam a cinco e a 10 anos, enquanto os da Irlanda se mantinham a dois anos e recuavam a cinco e a 10 anos.

 

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha às 08:25:

 

2 anos…5 anos…10 anos

 

Portugal

17/12……-0,700…-0,376…..0,283

16/12……-0,691…-0,361…..0,297

 

Grécia

17/12……-0,363….0,386……1,176

16/12……-0,358….0,394……1,192

 

Irlanda

17/12……-0,637…-0,461……0,039

16/12……-0,637…-0,450……0,058

 

Itália

17/12……-0,235….0,208……0,948

16/12……-0,220….0,230……0,973

 

Espanha

17/12……-0,591…-0,300……0,367

16/12……-0,596…-0,287……0,385

Recomendadas

Pimco dá primeiro passo para regresso dos investidores ao mercado de obrigações

A Pacific Investment Management Co (Pimco) considera que chegou a altura de começar a comprar obrigações, pois as “yields” estão em níveis que a gestora de ativos especializada no mercado de dívida classifica de atraentes, segundo a Bloomberg.

Wall Street fecha sessão no vermelho depois de dois dias consecutivos de ganhos

No fecho das operações na Bolsa de Nova Iorque, o Dow Jones perdia 42,45 pontos, para os 30.273,87, e o S&P 500 desceu 0,2%, ou 7,65 pontos, para 3.783,28.

Bolsa de Lisboa fecha sessão a perder 1,49% com apenas o título da Galp no verde

A puxar o PSI para baixo estiveram os títulos da peso-pesado do retalho Jerónimo Martins, dona da cadeia de supermercados Pingo Doce, que deslizaram 3,52%.
Comentários