Juros da dívida de Portugal caem a dois e dez anos e a sobem a cinco anos

Os juros da dívida de Portugal estavam hoje a descer a dois e dez anos e a subir a cinco anos, em relação a sexta-feira. Cerca das 08h40 de Lisboa, os juros da dívida portuguesa a 10 anos estavam a descer para 3,187%, abaixo dos 3,2%, depois de terem terminado na sexta-feira nos 3,191% e […]

Os juros da dívida de Portugal estavam hoje a descer a dois e dez anos e a subir a cinco anos, em relação a sexta-feira.

Cerca das 08h40 de Lisboa, os juros da dívida portuguesa a 10 anos estavam a descer para 3,187%, abaixo dos 3,2%, depois de terem terminado na sexta-feira nos 3,191% e descido até ao mínimo de sempre, de 2,957%, a 10 de outubro passado.

No mesmo sentido, a dois anos, os juros estavam a cair para 0,658%, contra 0,662% na sexta-feira e depois de terem descido até ao mínimo de 0,437%, a 25 de setembro último.

Em sentido inverso, os juros a cinco anos estavam a subir, para 1,763%, contra 1,754% na sexta-feira e depois de terem descido até 1,584%, a 05 de setembro deste ano.

Os juros da dívida soberana da Irlanda estavam hoje a cair em todos os prazos.

Os juros de Itália estavam a descer nos prazos mais curtos, mas a subir a dez anos, e os de Espanha estavam a subir a dois anos, a descer a cinco e estáveis a dez anos.

Em relação aos juros da Grécia, estes estavam a subir a dois anos e a descer a dez anos.

OJE/Lusa

Recomendadas

TAP: Serviços mínimos para greve abrangem países lusófonos e comunidades portuguesas

Os serviços mínimos para a greve dos tripulantes de cabine da TAP, marcada para quinta e sexta-feira, abrangem as regiões autónomas, os países lusófonos e zonas com emigrantes portugueses, segundo um acórdão hoje publicado.

Crise/Energia: Preço médio semanal da ERSE sobe 0,9% para gasóleo e 1,0% para gasolina

O preço médio semanal dos combustíveis, calculado pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), aumenta, esta semana, 0,9% para o gasóleo e 1,0% para a gasolina, segundo um relatório hoje divulgado pela entidade.

Declaração anual de rendas passa a ser entregue apenas por via eletrónica

A declaração anual de rendas, apresentada pelos senhorios que não passam recibos eletrónicos, vai deixar de poder ser entregue em papel, passando a ser entregue apenas por via eletrónica, segundo um despacho agora publicado.