Juros de Portugal sobem a dois, cinco e a dez anos

Por volta das 09:25 em Lisboa, os juros a dez anos estavam a subir para 1,821%, contra 1,804% na sexta-feira e 1,740% na quinta-feira passada, um mínimo desde maio de 2015.

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje de manhã a subir a dois, a cinco e a dez anos em relação a sexta-feira.

Por volta das 09:25 em Lisboa, os juros a dez anos estavam a subir para 1,821%, contra 1,804% na sexta-feira e 1,740% na quinta-feira passada, um mínimo desde maio de 2015.

No prazo de cinco anos, os juros também estavam a avançar para 0,375%, contra 0,369% na sexta-feira e 0,354% na quinta-feira, um mínimo de sempre.

No mesmo sentido, os juros a dois anos estavam a subir para -0,2235%, contra -0,272% na sexta-feira e o mínimo de sempre de -0,401% em 05 de dezembro.

Os juros de Espanha estavam a subir a dois e cinco anos e a descer a dez anos, enquanto os da Itália mantinha-se inalterados a dois anos em -0,311% e subiam a cinco anos para 0,618% e a dez anos para 1,918%.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 09:25:

2 anos…5 anos….10 anos

Portugal

27/12……-0,235….0,375……1,821

22/12……-0,272….0,369……1,804

Grécia

27/12…….1,595….3,405……4,060

22/12…….1,603….3,413……4,077

Irlanda

27/12……-0,544…-0,009……0,598

22/12……-0,546…-0,011……0,603

Itália

27/12……-0,311….0,618……1,918

22/12……-0,311….0,602……1,906

Espanha

27/12……-0,381….0,297……1,460

22/12……-0,391….0,279……1,463

Fonte: Bloomberg Valores de ‘bid’ (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Relacionadas

Economia cresce, mas inflação teimosa dá dores de cabeça

Bancos centrais deram esta semana os últimos passos da política monetária deste ano e começaram a traçar o caminho do próximo. As perspetivas económicas são positivas, mas a subida dos preços continua a falhar metas.

Rating: Juros da dívida renovam mínimos depois de ‘upgrade’ da Fitch

Apesar da subida do ‘rating’ pela agência de notação financeira já ser esperada, os mercados reagem esta manhã positivamente. Os juros da dívida a 10 anos tocaram os 1,72%.
Recomendadas

Bolsa de Lisboa arranca no ‘vermelho’. Galp cai quase 2%

Em linha com as congéneres europeias, a praça lisboeta abre a sessão desta segunda-feira em terreno negativo, com as principais cotadas do PSI a desvalorizar. O índice recuou 0,68% na abertura.

Topo da Agenda: o que não pode perder nos mercados e na economia esta semana

Uma semana rica em dados da inflação na Europa, que os mercados analisarão com atenção na busca de sinais sobre a política monetária de médio-prazo do BCE, que tem vários responsáveis a discursar. Também nos EUA e Inglaterra os responsáveis pelos bancos centrais discursam na antecâmara da última reunião do ano.

PremiumBCE e Fed avaliam peso da subida de juros e ritmo pode abrandar nas próximas reuniões

As atas das mais recentes reuniões de política monetária na zona euro e EUA mostram uma preocupação de ambos os bancos centrais com o abrandamento da economia, dando esperanças de subidas menos expressivas dos juros nos próximos meses, embora os sinais neste sentido sejam mais fortes do outro lado do Atlântico.
Comentários