Juventus: uma ‘vecchia signora’ que quer travar o sobrevivente fora das ‘Big 5’ na ‘Champions’

Cristiano Ronaldo é, inevitavelmente, a estrela maior da equipa italiana. O melhor marcador de sempre da Liga dos Campeões chega à temporada 2020/21 mais motivado que nunca para levar a ‘orelhuda’ para Turim, troféu que foge há 26 anos.

Cristiano Ronaldo (Juventus)

A Juventus FC tem o 10º plantel mais valioso do mundo e é, época após época, um dos eternos favoritos a vencer a Liga dos Campeões. Apesar da qualidade do plantel da ‘vecchia signora’ a tarefa não se avizinha fácil frente a um FC Porto motivado e com espírito vencedor. Ainda assim, com um plantel avaliado em 708 milhões de euros é expectável que o conjunto italiano seja o favorito a passar à próxima fase.

Cristiano Ronaldo é, inevitavelmente, a estrela maior da equipa italiana. O melhor marcador de sempre da Liga dos Campeões chega à temporada 2020/21 mais motivado que nunca para levar a ‘orelhuda’ para Turim, troféu que foge há 26 anos. A experiência do capitão da seleção portuguesa será um dos fatores a ter em conta, uma vez que CR7, para além de todos os troféus individuais conquistados na competição, já venceu a ‘Champions’ por cinco vezes.

Os oitavos-de-final da Liga dos Campeões marcam também o regresso de Andrea Pirlo, atual treinador da Juventus FC, à prova milionária que venceu por duas vezes, ambas enquanto representava o AC Milan. O treinador italiano tem, assim, o seu primeiro grande teste, devido à prioridade assumida do clube de Turim em vencer a maior competição de clubes na Europa.

Familia Agnelli, o catalalisador dos nove títulos consecutivos

Há nove épocas consecutivas que a Juventus FC vence o campeonato italiano. Uma das explicações reside, inevitavelmente, no poderio financeiro do clube, ampliado pela família Agnelli – detentores do grupo FIAT. São vários os jogadores de calibre mundial que já passaram pelo balneário da Juventus FC, fazendo com que a consistência seja um dos fatores em evidência da equipa.

Com o 10º plantel mais valioso do mundo, segundo os dados do “Transfermark”, que contempla nomes como Cristiano Ronaldo, Matthijs de Ligt, Paulo Dybala, Giorgio Chiellini, entre outros, é natural que seja uma das equipas mais fortes a nível europeu.

A avaliação global do clube está cifrada nos 1,2 mil milhões de euros, com uma receita anual de 402 milhões de euros. A nível de bilheteira o clube, no período pré-pandemia, lucrou 167 milhões de euros, a que se juntam os direitos televisivos (594 milhões de euros) e as vendas de produtos do clube (361 milhões de euros).

Adidas e Allianz valem ao clube muitos milhões por temporada

Entre os principais patrocinadores da Juventus FC, destaca-se a marca de artigos desportivos alemã, Adidas, que paga anualmente 50 milhões de euros, sendo a responsável por produzir os equipamentos de jogo e treino do clube de Turim, conforme relatado pela “Forbes”. O acordo é valido até 2027.

A parceria com a seguradora Allianz é outro dos principais patrocínios da Juventus FC, com um acordo assinado em fevereiro deste ano que verá o clube de Turim receber 103 milhões de euros num período de 10 anos.

Outro parceiro comercial que fechou acordo com o clube é a Jeep, filial da FCA (Fiat Chrysler Automobiles), empresa que pertence à família Agnelli. A Jeep decidiu aumentar o seu investimento no clube de 17 milhões de euros para 42 milhões por temporada.

Por fim, a parceira com a produtora de videojogos, Cygames, num acordo válido até 2022, sem que fossem revelados os valores do contrato.

Troca por troca com o FC Barcelona

Para a temporada 2020/21, a Juventus FC adquiriu seis jogadores, com destaque para o internacional brasileiro, Arthur, que chegou a Turim vindo do FC Barcelona por 72 milhões de euros, ainda que parte desse valor tenha sido amortizado com a venda, precisamente para o FC Barcelona, de Miralem Pjanić. No total, o clube gastou 110 milhões de euros.

Ao nível das vendas, pode-se dizer que a equipa sofreu uma reestruturação. Ao todo, a Juventus FC vendeu 10 jogadores por 96,5 milhões de euros. É importante frisar que, dos 10 jogadores que saíram do clube, quatro terminaram contrato, não havendo por isso qualquer remuneração para a ‘zebra’.

Ultima vez que CR7 defrontou o FC Porto valeu um Puskas

Um dos maiores destaques da primeira eliminatória dos oitavos-de-final referentes ao jogo da Juventus FC será, inevitavelmente, o regresso de Cristiano Ronaldo a Portugal para defrontar o FC Porto. A última vez que isso aconteceu, CR7, debaixo de uma onda de assobios impressionante, marcou um golo a 35 metros da baliza com a bola a viajar a 103 quilómetros por hora, que acabaria não só por selar a vitória frente aos ‘dragões’ como também lhe valeria o único prémio Puskas da carreira.

Será também a primeira vez que Andrea Pirlo se sentará no banco da ‘vecchia signora’ para disputar uma fase final da Liga dos Campeões como treinador. Atualmente na quarta posição do campeonato italiano, a quatro pontos do primeiro classificado, o italiano de 41 anos começa a estar debaixo de alguma contestação, com muita desconfiança sobre a capacidade de liderar a equipa a um título europeu e, até, doméstico.

Além de CR7, o plantel da Juve está recheado de talento e é normal que as discrepâncias no campo teórico se apliquem no campo prático. A experiência do defesa portista, Pepe, será fundamental para conter as ofensivas italianas, especialmente por este ter sido colega de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, e um dos melhor amigos do jogador português sempre que estão juntos na seleção nacional portuguesa.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

António Costa e Pedro Sánchez querem um Mundial2030 “para a paz”

“Já demonstrámos capacidade para organizar eventos de primeira linha. Portugal e Espanha estão prontos para receber, juntamente com a Ucrânia, o Mundial de futebol de 2030. Queremos um campeonato para a paz, mostrar o melhor do desporto, mas também os melhores valores da Europa”, escreveu o primeiro-ministro luso na rede social Twiiter, mensagem que também foi publicada pelo presidente do governo espanhol.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta quarta-feira

“Governo vai mexer nos escalões do IRS no próximo ano”; “Polícias proibidos de disparar com balas reais contra multidões”; “22 mil milhões de euros para a banca”
Comentários