Lagarde chega a Luanda para oficializar empréstimo de 3,2 mil milhões de euros

Christine Lagarde será recebida à tarde, pouco depois de aterrar em Luanda, pelo Presidente de Angola, João Lourenço, após o que haverá declarações à imprensa nos jardins do Palácio Presidencial.

A directora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) chega esta quinta-feira à Luanda para uma visita oficial de dia e meio a Angola, onde oficializará o empréstimo de 3,7 mil milhões de dólares (3,2 mil milhões de euros) da instituição.

Christine Lagarde será recebida à tarde, pouco depois de aterrar em Luanda, pelo Presidente de Angola, João Lourenço, após o que haverá declarações à imprensa nos jardins do Palácio Presidencial.

Depois, a diretora-geral do FMI fará uma visita de cortesia ao ministro das Relações Exteriores angolano, Manuel Augusto, voltando posteriormente ao Palácio Presidencial para participar num jantar oferecido por João Lourenço.

Trata-se da segunda vez que Lagarde e Lourenço se encontram este ano, depois da reunião, a 23 de janeiro, realizada em Genebra, à margem do Fórum Económico Mundial, que a economista francesa descreveu então como “muito construtivo” e em que foram analisados temas como a estabilidade macroeconómica e crescimento inclusivo em benefício dos angolanos.

A 6 deste mês, num comunicado a anunciar a visita, o Ministério das Finanças angolano indicou que as negociações para o empréstimo do FMI, iniciadas formalmente a 01 de agosto último, são o pano de fundo da visita, uma vez aprovado o Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2019, o que aconteceu a 14 deste mês.

Durante a visita, que representa o ponto mais alto na relação entre Angola e o FMI, serão discutidos e analisados os programas a serem implementados em prol da alavancagem da economia.

Recomendadas

AHRESP propõe 25 medidas para o OE 2023 para reduzir impacto da inflação

O cenário do próximo ano é “muito pessimista para o tecido empresarial”, pelo que são necessárias medidas de apoio às empresas e famílias, de acordo com a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Bruxelas favorável a limite de preço para gás russo

“A Europa enfrenta a chantagem energética da Rússia, e a procura global de gás é mais elevada do que a oferta. Precisamos de trabalhar ao longo de toda a cadeia para enfrentar o desafio. Primeiro, temos de agir no ponto em que o gás entra no nosso mercado. Estamos a negociar com os nossos fornecedores fiáveis de gás de gasoduto. Se isto não trouxer resultados, então é possível um preço máximo”, declarou a comissária.
Comentários