Legislativas: Gomes Cravinho “número dois” do PS em Setúbal, Galamba desce um lugar em Lisboa

O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, candidata-se a deputado em segundo lugar pelo círculo de Setúbal, enquanto o secretário de Estado João Galamba desce um lugar, para 11º, na lista pelo círculo de Lisboa.

As listas de candidatos a deputados às próximas eleições legislativas vão ser aprovadas em definitivo na reunião desta noite da Comissão Política do PS, que não começou às 21:00, como estava previsto, porque a reunião do fim da tarde do Secretariado Nacional, o órgão de direção, se prolongou pela noite.

Uma das principais novidades é a inclusão de João Gomes Cravinho no segundo lugar da lista por Setúbal, que é encabeçada pela líder parlamentar socialista, Ana Catarina Mendes, e na qual já não entra o ex-ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita.

Em Lisboa, João Galamba, cuja décima posição tinha sido contestada na sexta-feira à noite, durante a reunião da Comissão Política da FAUL, vai entrar na 11º posição, trocando de lugar com o ex-secretário de Estado Marcos Perestrello.

Os nove primeiros nomes desta lista por Lisboa, que é encabeçada por António Costa e que tem o ex-presidente da Câmara Fernando Medina no quinto lugar, mantêm-se em relação à ordem prevista na sexta-feira.

Em Leiria, na lista encabeçada pelo médico e secretário de Estado António Lacerda Sales, o terceiro lugar é do secretário de Estado para a Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, que tinha sido candidato por Castelo Branco em anteriores atos eleitorais.

No segundo lugar de Leiria, entra a antiga juíza do Tribunal Constitucional e ex-secretária de Estado Catarina Sarmento Castro.

Tal como se antevia, o antigo líder parlamentar do PS Francisco Assis não consta das listas de candidatos a deputados, o mesmo acontecendo com o líder da tendência minoritária, Daniel Adrião.

 

Recomendadas

José Luís Carneiro, das comunidades portuguesas no estrangeiro à Administração Interna

José Luís Carneiro é o novo ministro da Administração Interna e regressa a um ministério no qual já desempenhou o cargo de assessor entre 1999 e 2000. O antigo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas tem uma forte ligação ao poder local.

PS conquista dois mandatos do círculo da Europa e reforça maioria absoluta para 120 deputados

Depois de na primeira votação, a 30 de janeiro, PS e PSD terem conquistado um mandato cada um no círculo da Europa, na repetição da votação, o PS acabou por eleger o cabeça-de-lista pelo círculo, Paulo Pisco, mas também o segundo nome na lista, Nathalie de Oliveira.
eleições_legislativas_voto_urna_votar

Legislativas: Governo diz que votaram 152 emigrantes no fim de semana

Segundo o Governo “esse número representa um acréscimo de 31% face aos 116 cidadãos que exerceram o seu direito de voto presencial” a 30 de janeiro.
Comentários