Leilão. Land Rover Defender por 400 mil libras

Um Land Rover Defender único no mundo foi leiloado por 400 mil libras esterlinas (cerca de 549 mil euros), num importante leilão de beneficência na casa Bonhams, em Londres.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Um Land Rover Defender único no mundo foi leiloado por 400 mil libras esterlinas (cerca de 549 mil euros), num importante leilão de beneficência na casa Bonhams, em Londres. As receitas serão integralmente doadas aos parceiros da Land Rover que realizam trabalhos humanitários e de proteção dos animais.

Estima-se que esta tenha sido a mais valiosa produção da Land Rover alguma vez vendida em leilão. O veículo exclusivo Série Land Rover Defender fabricado na fábrica britânica da Land Rover, em Solihull, desde 1948, foi vendido a um licitador do Qatar.

Em maio de 2015, o Defender 2 milhões passou pela linha de produção onde uma equipa de embaixadores da marca e personalidades históricas colaboraram com a Land Rover, tais como Bear Grylls e Virginia McKenna (oficial da Ordem Britânica), ou Stephen e Nick Wilks, filhos dos fundadores da Land Rover.

OJE

Recomendadas

PremiumGeorge Clooney e o Speedmaster ’57

Coincidindo com o 65º aniversário da linha Speedmaster, a coleção completa Omega Speedmaster ’57 inclui agora oito novos modelos.

Cancelados dois concertos de Roger Waters na Polónia devido a posicionamento pró-russo

O co-fundados dos Pink Floyd iria atuar em Cracóvia em abril do próximo ano, na sala de espetáculos “Tauron Arena”, mas, segundo adiantam alguns meios de comunicação da Polónia, as autoridades polacas pretendem declarar Roger Waters como ‘persona non grata’.

Músicos afegãos refugiados apresentam-se hoje ao vivo no festival Iminente em Lisboa

 Na génese deste projeto está a cooperativa cultural Largo Residências, de Lisboa, distinguida no ano passado com o prémio da Acesso Cultura na categoria de Acessibilidade Social.