‘Leões’ e Alcochete dominaram media portugueses em 2018

A Cision Portugal calculou para o Jornal Económico o número de horas dedicadas pelos media nacionais ao futebol sem a transmissão dos jogos. Dois acontecimentos e um clube dominaram as atenções.

O ataque à Academia de Alcochete, a 15 de maio deste ano, foi o acontecimento ‘desportivo’ que mais atenção mereceu pelos  órgãos de comunicação social entre janeiro e novembro de 2018, de acordo com números recolhidos pela Cision Portugal para o Jornal Económico. Este acontecimento, que marcou pela negativa o ano de 2018, foi mencionado em 12.562 notícias e foi tema de análise e debate durante 655 horas (27 dias) de emissão nos audiovisuais.

Recorde-se que a 15 de maio, a equipa de futebol do Sporting foi atacada na Academia do clube, em Alcochete, por um grupo de cerca de 40 alegados adeptos encapuzados, que agrediram técnicos, jogadores e ‘staff’. Aos arguidos, que participaram diretamente no ataque, o MP imputa-lhes a coautoria de crimes de terrorismo, 40 crimes de ameaça agravada, 38 crimes de sequestro, dois crimes de dano com violência, um crime de detenção de arma proibida agravado e um de introdução em lugar vedado ao público.

Sobre este estudo, o jornalista e membro do painel do Jogo Económico, João Marcelino, sublinha que em Portugal existem “dois produtos que vendem nas televisões: o desporto em direto e a ficção (telenovelas)”. No caso que envolveu os ‘leões’ e o ataque a Alcochete, o jornalista refere que “juntou-se algo aparentado que é primo do desporto, com algo que é irmão de uma telenovela. Juntando uns convites para ir a estúdio, faz-se horas e horas intermináveis quase a custo zero e está encontrado o produto ideal”, frisando que “as televisões se pudessem patrocinariam muitas invasões a academias, porque isso é um produto televisivo extraordinário”, afirma.

Opinião partilhada pelo outro membro do painel, Luís Miguel Henrique, que olha para os acontecimentos de maio em Alcochete como “a criação de um evento que foi espremido e transformado numa novela que ainda hoje dura”, tendo em conta que atualmente “temos o resultado judicial e dia após dia pegamos num determinado depoimento e aquilo dura dois, três dias”, nas televisões. Convidado no último programa do Jogo Económico, o jornalista francês Olivier Bonamici, olha para este evento relacionado com o Sporting como “uma novela extraordinária” para as televisões.

Em Portugal há mais de 20 anos, o jornalista não concorda com este tipo de jornalismo. “espero que um dia vá ‘morrer’ em Portugal”, sendo que a grande questão se prende “com haver, ou não gestores que vão encontrar um modelo de um outro estilo jornalístico”. De acordo com os números da Cision Portugal, e também como consequência deste ataque (que viria a provocar uma grave crise diretiva que culminou na ‘queda’ do elenco diretivo liderado por Bruno de Carvalho e a marcação de eleições para todos os órgãos do clube), o Sporting Clube de Portugal foi o “campeão” mediático de 2018 já que nenhum outro clube (nem mesmo o campeão, FC Porto) mereceu tanta atenção dos media.

Assim, o clube de Alvalade foi citado em 188.881 artigos e foi falado durante 5.568 horas (232 dias) nas estações de rádio e televisão. O processo “E-toupeira” foi outro dos assuntos mais citados pelos órgãos de comunicação social portugueses monitorizados pela Cision Portugal, com 6.418 notícias e 290 horas de emissão (cerca de 12 dias). O processo, do qual resultou a acusação à SAD do Benfica, a Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico do clube e dois funcionários judiciais, conhece a decisão instrutória no próximo dia 20 de dezembro. João Marcelino analisa este caso “do ponto de vista jornalístico muito mais interessante, [do que o ataque a Alcochete], mas lá está, não tem imagem e não pode ser promovida na categoria de telenovela.

Quem não tem o espetáculo e os direitos de transmissão desportivas, vive depois nas redondezas deste espetáculo, que fazem a possibilidade se encher antenas”, afirma o jornalista.  No total, em 2018, foram publicadas 589.407 notícias sobre futebol em Portugal. A análise da Cision Portugal revela ainda que, entre 1 de janeiro e 30 de novembro do corrente ano, as rádios e televisões nacionais dedicaram ao desporto-rei 14.550 horas de emissão – o equivalente a mais de 606 dias.

Estes números não incluem a transmissão dos jogos propriamente ditos. Mais de metade da informação sobre futebol em Portugal foi veiculada em meios online (53%). Segue-se a televisão, com 23%, e a imprensa, com 21%. A rádio representa apenas 3% do total.

O objeto do estudo realizado pela Cision foram todas as notícias sobre futebol, difundidas no espaço editorial português, em mais de dois mil meios de comunicação social, no período temporal compreendido entre 1 de janeiro e 30 de novembro de 2018.

Relacionadas

EXCLUSIVO: MP abre inquérito a Bruno de Carvalho por suspeitas de burla a construtora do Pavilhão João Rocha

Investigação foi aberta pelo DIAP de Lisboa, após empresa que foi responsável pela construção do pavilhão João Rocha ter apresentado por burla contra o ex-presidente do Sporting e os restantes elementos da sua direcção. Em causa está a apropriação indevida de uma garantia bancária de 375 mil euros, dias antes de Bruno de Carvalho ter sido destituído.

Academia de Alcochete voltou a ser invadida. Desta vez, por bons motivos

“Ataque” surpreendeu Rodrigo Battaglia e Marcos Acuña no balneário e Bas Dost no relvado, entre outros jogadores. Veja as imagens.

Liga Europa: Sporting mede forças com Villarreal nos 16 avos de final

Os ‘leões’ jogam a primeira mão no Estádio José Alvalade, em Lisboa, em 14 de fevereiro de 2019, e a segunda em Espanha, no dia 21.

Competições europeias: ‘três grandes’ de Portugal já arrecadaram mais de 120 milhões de euros

Benfica e Futebol Clube do Porto na Liga dos Campeões somaram no final da fase de grupos 114,5 milhões de euros, aos quais se juntou os 5,8 milhões do Sporting na mesma fase da Liga Europa. Sorteio desta segunda-feira irá ditar os próximos adversários.

Sporting paga juros de 4% aos titulares de VMOC se estes não excederem os lucros do clube

A SAD do Sporting avisa os titulares dos VMOC que esses títulos dão lugar ao pagamento de juros à taxa de 4%, mas sujeito a condições.
Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Portugal é o terceiro favorito a ganhar o Mundial, prevê casa de apostas

Após o triunfo por 6-1 frente à Suíça, resultado que colocou Portugal no caminho de Marrocos nos quartos-de-final do Mundial, a Seleção comandada por Fernando Santos é agora a terceira favorita a ganhar a competição, empatada com a Argentina e a Inglaterra.

Respostas Rápidas: Que jogadores de Portugal mais podem valorizar neste Mundial?

Da baliza ao ataque, da Luz ao Dragão passando por Madrid, a prestação da Seleção portuguesa no Mundial pode dar muito a ganhar em 2023, sobretudo aos clubes que “emprestam” os seus melhores ativos para a prova de seleções de excelência a nível mundial. Saiba que jogadores poderão sair mais valorizados com a promessa das milhões para o fecho de contas do primeiro semestre da temporada.
Comentários