Liberty Seguros renova parceria com a Mercedes-Benz Financial Services Portugal até 2026

As soluções digitais fornecidas foram o fator que mais pesou na decisão da instituição financeira da Mercedes Benz, especializada em crédito automóvel.

17 – Mercedes

A Liberty Seguros acaba de renovar a parceria com a instituição financeira Mercedes-Benz Financiamento, “tendo ganho o Tender para o período 2024-2026”, revela a seguradora em comunicado. Recorde-se que a Liberty tem um acordo com a MBF desde 2009, no âmbito do qual oferece um seguro para os clientes com contrato de financiamento.

“A decisão de continuar a parceria com a Liberty assenta basicamente em dois pilares, o ‘focus’ no cliente e na digitalização, temas muito presentes na estratégia da nossa empresa”, revela Liliana Marreiros, da Mercedes-Benz Financiamento.

“O seguro automóvel Mercedes-Benz Financiamento, disponibilizado pela Liberty Seguros, abrange todas as necessidades de segurança e proteção, com uma vantagem clara ao nível de preço e qualidade de serviço, tendo ainda um conjunto de condições especiais e complementares, que os clientes podem selecionar mediante as suas necessidades”, refere o comunicado da companhia de seguros.

“Nos últimos anos fizemos o maior investimento de sempre em tecnologia para desenvolver um ecossistema digital para oferecer soluções colaborativas e modulares por forma a garantir uma gestão mais ágil e eficiente com os nossos parceiros. A renovação deste compromisso é um símbolo do reconhecimento dos nossos parceiros para com a qualidade dos nossos serviços”, afirma na nota José Maria Calvo, Diretor de Partners da Liberty na Europa.

Recomendadas

MDS compra mediadora Pacific Insurance

A MDS comprou a Pacific Insurance e desta forma anexa 4 milhões de euros em prémios à sua carteira de seguros.

“Não vejo as fintech como uma grande ameaça à banca”. Veja a entrevista ao CEO da Nickel, Thomas Courtois

A Nickel quer abrir 2.500 balcões e alcançar 450 mil clientes em Portugal nos próximos cinco anos, mas o CEO da fintech francesa não se compromete a manter a anuidade de 20,80 para sempre. A crise na banca abriu a porta a novos players, mas coexistência é possível, diz em entrevista à JE TV.

Justiça suíça abre processo sobre fuga de informação no Credit Suisse

Em fevereiro de 2022 foram expostas mais de 18 mil contas do Credit Suisse que estarão ligadas a empresários sobre os quais recaem sanções ligadas à violação dos direitos humanos, e pessoas envolvidas em esquemas de fraude.
Comentários