Lidl investe 200 milhões de euros este ano em Portugal

A cadeia de retalho Lidl anunciou em comunicado que vai investir 200 milhões de euros de norte a sul do país este ano e que “continua profundamente empenhada em Portugal, onde, desde 2017, já investiu cerca de 1.000 milhões de euros”.

A cadeia de retalho Lidl anunciou em comunicado que vai investir 200 milhões de euros de norte a sul do país este ano e que “continua profundamente empenhada em Portugal, onde, desde 2017, já investiu cerca de 1.000 milhões de euros”.

“Dando seguimento à sua estratégia de expansão em território nacional, o Lidl vai continuar a investir no país, como tem feito, desde a sua chegada em 1995, de forma a ganhar maior proximidade com os portugueses, levando-lhes a máxima qualidade ao melhor preço”, garante o grupo em comunicado.

Desta forma, no decorrer de 2022, “a cadeia de retalho irá  investir cerca de 200 milhões de euros em Portugal, dos quais 125 milhões se destinam à intervenção no parque de lojas (remodelações, modernizações e novas aberturas), garantindo uma experiência de compra simples e rápida a todos os seus clientes. O Lidl contribuirá igualmente, de forma ativa, para reabilitar as zonas envolventes, facilitando vida e apoiando as comunidades locais onde está inserido”.

Esta informação já tinha no entanto sido avançada pelo CEO da cadeia alemã, Alexander Frech, em entrevista ao Jornal de Negócios, onde revelou que os 200 milhões são mais 20 milhões de euros do que no ano passado, estando também prevista a contratação de mais trabalhadores.

O investimento no país tem vindo a intensificar-se ao longo dos anos  e em 2018, “foi inclusive responsável por 1% do PIB nacional, segundo um estudo de impacto económico realizado pela consultora independente KPMG”, realça o Lidl.

“Para além da contínua modernização e abertura de lojas, o Lidl inaugurou, em 2020, um novo entreposto em Santo Tirso, semi-robotizado, que levou ao desenvolvimento de uma nova zona industrial no Norte país e à criação de 200 novos postos de trabalho, estando também a construir um novo entreposto em Loures, para reforçar a capacidade de abastecimento e armazenamento das suas lojas da região centro”, avança o grupo alemão..

Em Portugal há 27 anos, o Lidl tem atualmente uma rede de mais de 269 lojas, de Norte a Sul do país, e quatro entrepostos (Santo Tirso, Palmela, Sintra e Torres Novas), sendo que até ao final de 2022 a cadeia prevê intervir em cerca de 25 lojas, das quais 6 serão totalmente novas.

Atualmente com mais de 8.200 colaboradores, “e uma aposta numa oferta de emprego estável e de qualidade”, as exportações de produtos portugueses que facilita para 29 dos 32 países onde está presente, representam 2% das exportações nacionais de produtos alimentares para países da União Europeia.

 

 

Recomendadas

PremiumGestores bancários sem tarimba a gerir períodos inflacionários

Estudo sobre o sector bancário europeu feito pela consultora estratégica Oliver Wyman considera que as instituições financeiras podem não estar preparadas para os impactos do aumento da inflação e do abrandamento da economia na atividade.

Alojamento local em expansão no Douro ajuda a diversificar oferta turística

O alojamento local no Douro está em expansão e contribui para a diversificação da oferta turística neste território, existindo atualmente 714 unidades em atividade.

TAP nega acusação do sindicato dos pilotos e diz que gasta menos com alugueres face a 2018 e 2019

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) acusou, esta quarta-feira, a gestão da TAP de “desperdiçar” as receitas do verão com “milhões de erros” ao longo do ano, como a contratação externa de serviços.
Comentários