Lidl investe 21 milhões de euros na modernização de cinco lojas

“Foram mais de 21 milhões de euros na modernização de cinco lojas, nos concelhos do Montijo, Moita, Gouveia, Montemor-o-Velho e Gondomar que abrem hoje”, diz a cadeia alemã de retalho alimentar.

O Lidl continua a investir em Portugal e agora anunciou que vai gastar mais de 21 milhões de euros de norte a sul do país, a modernizar cinco lojas.

“Foram mais de 21 milhões de euros na modernização de cinco lojas, nos concelhos do Montijo, Moita, Gouveia, Montemor-o-Velho e Gondomar que abrem hoje”, diz o Lidl.

“Com este investimento o Lidl vem proporcionar uma melhor experiência de compra às populações, contribuindo igualmente para a dinamização económica dos concelhos, com a criação de novos postos de trabalho – todos com contrato sem termo”, acrescenta a cadeia de retalho portuguesa, de origem alemã.

“Dando continuidade à estratégia de modernização do seu parque de lojas, para garantir uma maior proximidade com as populações bem como o acesso facilitado a produtos e serviços inovadores, o Lidl celebra hoje a reabertura de cinco novas lojas, nos concelhos do Montijo, Moita, Gouveia, Montemor-o-Velho e Gondomar. Para além de oferecer uma experiência de compra melhorada, o Lidl contribui para a dinamização das economias locais, gerando emprego estável e de qualidade, com contratos sem termo”, assegura em comunicado a cadeia de retalho alimentar.

Sendo a requalificação urbana uma realidade integrada no plano de modernização do parque de lojas Lidl, “a obra da nova loja do Montijo contemplou a construção de uma ciclovia e de um novo espaço ajardinado, enquanto que na envolvência da loja de Gouveia foi construída uma rotunda para melhor organização do trânsito e acesso à loja e novos passeios”, detalha a cadeia em comunicado.

“As cinco novas lojas estão integradas no atual e inovador conceito de lojas Lidl, que tem vindo a ser implementado em muitas outras zonas do país, com grande recetividade por parte dos clientes”, diz o Lidl que acrescenta que as lojas apresentam áreas de vendas entre os 1.100 m2 e 1.400 m2, corredores mais largos e fachadas em vidro que lhes conferem maior luminosidade natural, permitindo assim, uma maior poupança energética.

“Concebidas a pensar no máximo conforto para as compras diárias e semanais dos clientes, todas as novas lojas incluem um serviço de padaria self-service, com uma máquina de corte de pão, onde se podem encontrar dezenas de variedades de pão e pastelaria, e contam também com uma zona de bacalhau a corte. Na zona das frutas e legumes disponibilizam ainda uma máquina de sumo de laranja natural, e as lojas do Montijo e Gondomar têm ainda o serviço de frango assado, preparado, cortado e embalado, pronto para qualquer refeição. Todas elas disponibilizam lugares de estacionamento para os clientes. Não esquecendo o compromisso do Lidl com a sustentabilidade, as cinco lojas privilegiam o uso de iluminação LED e de painéis solares”, lê-se no comunicado.

 

Recomendadas

ALDI abre duas novas lojas em Vila Nova de Famalicão e na Lourinhã

O retalhista informa ainda sobre a oferta de um vale de cinco euros em loja ao longo da próxima quarta-feira, bem como uma planta de boas-vindas e saldos de abertura.

Uber Eats vai receber pedidos por voz na aplicação

“Queremos que as pessoas entrem na nossa aplicação durante todo o dia para vários produtos, ter serviço de canal de vendas para os parceiros e ser uma ferramenta de publicidade para eles”, disse o diretor da empresa ao JE.

Fundo dos CTT participa em investimento de 5,2 milhões da startup luso-americana Habit

O fundo de 5 milhões de euros TechTree, lançado pelo operador postal, investiu na ronda da Habit, depois de ter apostado nas empresas Kit-AR e na Sensefinity, ligadas à Realidade Aumentada e sensorização logística.
Comentários